Alta no preço do gás de cozinha exige adaptações na hora de cozinhar

Publicado em 13/10/2021 - 10:10 Por Kariane Costa - Repórter da Rádio Nacional* - Brasília

Com o preço do gás de cozinha nas alturas, cozinhar tem sido uma tarefa difícil para a auxiliar de serviços gerais, Cleidimar Pires. Ela conta que optou por fazer pratos rápidos.

Se a ideia é economizar, a pesquisadora do programa de Energia e Sustentabilidade do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), Priscila Arruda, afirma que é importante manter as bocas do fogão sempre limpas.

A dica é, se as chamas estiverem amarelas, laranjas ou qualquer outra cor que não seja azul, significa que as bocas estão sujas ou não estão funcionando de maneira correta. O resultado, segundo Priscila, é a perda de potência e, consequentemente, maior consumo de gás.

A pesquisadora Priscila alerta ainda que é importante checar se existem vazamentos no botijão, na mangueira e nos canos do fogão ou no forno. Para isso,  basta colocar espuma de sabão. Se houver bolhas,  significa tem vazamento.

Sem alternativas, famílias de baixa renda têm buscado outro caminho, o uso de fogo a lenha para preparar alimentos, não pelo sabor que a comida pode ganhar, mas pela falta de dinheiro para comprar um botijão de gás. Sem a estrutura adequada, os riscos de doenças respiratórias e de incêndio são maiores.

Em setembro, uma mulher de 32 anos em São Paulo ao tentar cozinhar utilizando álcool no lugar de gás de cozinha, teve 30% do corpo queimado e acabou morrendo .

O tenente do Corpo de Bombeiros, Reginaldo Machado, explica que o álcool queima mais rápido que o gás de cozinha. Segundo ele, um dos perigos é que a chama do álcool não é vista facilmente a olho nu.

O tenente alerta ainda que a queima da lenha pode provocar intoxicação e asfixia.

Até setembro de 2021, o aumento no preço do gás de cozinha chegou a quase 30%. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, o valor médio do botijão de 13 kg era de R$ 75,29 no final de 2020, e em 2021 foi para R$ 96,89, chegando a ser encontrado por mais de R$ 130 em algumas regiões do país, como já foi registrado no Mato Grosso.

*Com produção de Renato Lima

Edição: Roberto Piza/Edgard Matsuki

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Roubo de cabos de energia dificultou trajetos do metrô em São Paulo

Segundo o Metrô, foram roubados 30 metros de cabos do sistema que alimenta a energia dos trens. A confusão começou por volta das 5h e também comprometeu a operação na Linha Azul.

Baixar arquivo
Saúde

INCA alerta para perigos do consumo coletivo de narguilés na pandemia

Para além dos riscos da transmissão de doenças como a covid, caso a mangueira seja compartilhada, uma sessão de narguilé, que costuma durar entre 1hora a 90 minutos, equivale ao consumo de 100 cigarros comuns. 

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Rio de Janeiro pretende cortar investimentos de empresas poluidoras

Às vésperas da Conferência das Nações Unidas Sobre Mudanças Climáticas, em Glasgow, na Escócia, a capital fluminense reforçou seu compromisso de aumentar os investimentos em soluções climáticas baseadas na economia verde, e cortar os investimentos municipais a empresas de combustíveis fósseis. 

Baixar arquivo
Educação

RJ: Justiça determina volta à aula presencial em instituições federais

Justiça Federal no Rio de Janeiro determinou o retorno às aulas presenciais em instituições federais, do ensino básico ao superior, suspensas desde o ano passado devido à pandemia de covid-19. A liminar é do desembargador Marcelo Pereira da Silva, do Tribunal da 2ª Região.

Baixar arquivo
Economia

Operação da Anatel apreende R$ 1,2 milhão em produtos no Mercado Livre

No total 9.800 produtos foram lacrados incluindo carregadores de celular, baterias, relógios inteligentes e microfones sem fio. Fabricantes e vendedores de produtos oficiais denunciaram a plataforma ANATEL que constatou anúncios de prováveis produtos irregulares. Houve cooperação das equipes do Mercado Livre na identificação dos produtos.

Baixar arquivo
Geral

RJ: polícia investiga envolvimento de milicianos em mortes em Mesquita

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense investiga o envolvimento de milicianos no ataque a tiros que matou uma criança de um ano e meio e deixou outra de três anos ferida.

Baixar arquivo