Governo baiano aumenta gratificação por armas retiradas de circulação

Medida valoriza produtividade no enfrentamento à criminalidade

Publicado em 16/10/2021 - 16:09 Por Lucas Pordeus León - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O governo da Bahia multiplicou por quatro a gratificação dada por cada arma retirada de circulação pelas polícias civil e militar. A medida, segundo o governador Rui Costa, é para valorizar a produtividade policial no enfrentamento à criminalidade.

Um decreto publicado neste sábado (16) aumentou o prêmio no caso de arma de uso permitido, que passou de R$ 300 para R$ 1.200. Já as armas de fogo de uso restrito passaram de um prêmio de R$ 600 para R$ 2.400. E, caso o policial apreenda uma arma de uso exclusivo das Forças Armadas, vai ganhar uma gratificação de R$ 6 mil em vez dos R$ 1.500 que eram pagos até então.

Caso a apreensão seja feita por uma equipe, o valor será distribuído igualmente entre os membros da operação.

No ano passado, o Brasil registrou uma queda de 1,9% no número de armas de fogo apreendidas pelas polícias militar, civil e rodoviária federal, segundo dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Mais de 111 mil armas foram retiradas de circulação em todo o país. Já no estado da Bahia, a redução nas apreensões foi de 12% de 2019 para 2020.

Edição: Bianca Paiva/ Renata Batista

Últimas notícias
Justiça

Defesa de doutor Jairinho tenta reverter cassação do parlamentar

Jairinho e a namorada, mãe de Henry Borel, estão presos desde abril acusados de matar o menino de quatro anos em março deste ano.

Baixar arquivo
Geral

Chimpanzé Enos foi enviado ao espaço em 29 de novembro de 1961

Com cinco anos e meio, Enos embarcou na Mercury-Atlas 5 e se tornou o primeiro e único da espécie a fazer uma viagem na órbita terrestre. A missão funcionou como um teste antes do voo tripulado que levaria o primeiro astronauta norte-americano ao espaço.

Baixar arquivo
Economia

Inadimplência sobe em novembro e atinge o maior patamar do ano

Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) de novembro mostra que mais de 26% das famílias relatam ter dívidas ou contas em atraso. Em outubro, percentual de endividados estava em 25,6%.

Baixar arquivo
Economia

Mutirão de renegociação de dívidas com bancos termina nesta terça

Participam do mutirão mais de 160 instituições financeiras, com condições especiais. Alvo são pessoas físicas com dívidas em atraso, que tenham sido contraídas de bancos ou financeiras e que não possuem bens dados em garantia.

Baixar arquivo
Geral

Liminar suspende greve dos rodoviários do Rio de Janeiro

Sindicato informou que iria acatar a decisão da Justiça do Trabalho, mas que o estado de greve está mantido e que vai tentar derrubar a decisão judicial. Uma das principais reivindicações da categoria é o reajuste de salários.

Baixar arquivo
Geral

Beneficiários da tarifa social terão bandeira verde em dezembro

Com essa bandeira, não há acréscimos na tarifa. Já para os demais consumidores de energia elétrica, a bandeira vigente no período será a de escassez hídrica, que segue valendo até abril de 2022.

Baixar arquivo