Paes critica Light por corte de luz em unidades administrativas do Rio

Prefeito do Rio considerou atitude falta de respeito

Publicado em 15/10/2021 - 12:05 Por Cristiane Ribeiro - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Mesmo reconhecendo uma dívida de mais de R$ 200 milhões com a Light, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, considerou uma falta de respeito a atitude da companhia de cortar a luz de 66 unidades administrativas do município a partir dessa quinta-feira (14).

Entre os equipamentos sem energia, estão o Parque Olímpico da Barra da Tijuca, na zona oeste, o Parque de Madureira e a Nave do conhecimento, na Penha, ambos na zona norte.

A maior parte das dívidas, não só com a Light, é do governo anterior e o valor está sendo contestado. O prefeito Eduardo Paes garante que as dívidas serão pagas de forma parcelada e os credores que oferecerem descontos vão receber primeiro, podendo o pagamento ser feito até à vista.

Ele disse que a Light tem um contrato de concessão e regras a serem respeitadas.

A Light informou que não vai comentar as declarações do prefeito. Em nota, a companhia afirmou que a dívida total da administração municipal é de mais de R$ 261 milhões. Deste montante, R$ 68 milhões são referentes a este ano de 2021.

Os cortes foram feitos em instalações cadastradas na empresa como serviços não essenciais. Mas, a energia de unidades de saúde não foi cortada.

A Light explicou, ainda, que realizou diversas tentativas de acordo com a prefeitura para regularizar os débitos. Também notificou o órgão previamente com aviso de corte, como determina a legislação.

Edição: Leila Santos/ Renata Batista

Últimas notícias
Saúde

Brasil já tem 5 casos confirmados da variante Ômicron

Dos casos confirmados aqui no país, três são em São Paulo e dois no Distrito Federal. São quatro homens e uma mulher.

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz vê tendência de alta de casos de síndrome respiratória grave

Crescimento está sendo notado em 13 das 27 unidades da federação; destes, os que mais chamam a atenção dos especialistas são Pará, Ceará e Rio de Janeiro.

Baixar arquivo
Política

PEC dos Precatórios é aprovada no Senado

Os precatórios são dívidas da União com empresas e pessoas que ganharam ações definitivas na justiça. A proposta aprovada pelo Senado limita o valor a ser gasto anualmente com essas despesas e muda a forma de cálculo do teto de gastos. Proposta ainda precisa voltar à Câmara.

Baixar arquivo
Educação

Prazo para solicitar a reaplicação da prova do Enem termina amanhã

Candidatos podem pedir a reaplicação até às 23h59 desta sexta; os nomes dos participantes aptos a fazerem a prova em nova data serão divulgados na própria Página do Participante.

Baixar arquivo
Saúde

Prefeitura do Rio vai rever ampliação de exigência de cartão de vacina

Segundo o prefeito Eduardo Paes, houve "exagero" na ampliação de locais onde devem ser apresentados comprovante de vacinação contra a covid-19.

Baixar arquivo
Saúde

São Paulo suspende festa de Réveillon na Paulista

A vigilância sanitária da capital paulista fez um estudo de riscos e orientou a cancelar a festa do dia 31 de dezembro. Além disso, o prefeito decidiu manter a obrigatoriedade no uso de máscaras em lugares públicos. O uso seria abolido no próximo dia 11.

Baixar arquivo