Buscas por vítimas de navio que ia para Noronha chegam ao 6º dia

Publicado em 27/06/2022 - 12:04 Por Gabriel Corrêa - Repórter da Rádio Nacional - São Luís

A Marinha do Brasil confirmou, nesta segunda-feira, que prosseguem as buscas pelas duas pessoas desaparecidas no naufrágio do navio "Thaís IV". A embarcação saiu de Recife na última terça-feira com destino a Fernando de Noronha, mas naufragou na madrugada do dia seguinte, a cerca de 111 quilômetros do litoral da Paraíba.

No dia do acidente, quatro tripulantes foram resgatados em boas condições de saúde. Na última sexta-feira, mais dois corpos foram encontrados no mar. Eram de tripulantes da embarcação e foram reconhecidos pelos familiares das vítimas, em Recife. 

Segundo o Porto de Recife, o navio levava 100 toneladas de carga e costumava atracar no porto a cada duas semanas para embarcar suprimentos para Noronha. Os trabalhos de busca seguem com apoio de dois navios e um avião. Um inquérito foi aberto para apurar as circunstâncias do ocorrido.

Últimas notícias
Economia

Setor de serviços cresce 0,7% na passagem de maio para junho, diz IBGE

Com isso, se encontra 7,5% acima do nível pré-pandemia, de fevereiro de 2020, mas ainda 3,2% abaixo do ponto mais alto, conquistado em novembro de 2014.

Baixar arquivo
Saúde

Ingerir álcool durante a gravidez pode causar síndrome alcoólica fetal

Mesmo que seja baixa a quantidade de álcool ingerida pela futura mãe, ainda existe o risco da doença,  que pode trazer consequências gravíssimas para o feto e recém-nascidos.

Baixar arquivo
Economia

Quase metade dos brasileiros fazem "bicos" para ampliar renda

Pesquisa aponta que quase q metade dos brasileiros com 16 anos de idade ou mais precisaram fazer atividades extras nos últimos 12 meses para complementar sua renda.

Baixar arquivo
Saúde

Maranhão registra primeiro caso de varíola dos macacos

O paciente, um homem de 42 anos, com comorbidades, está internado com quadro clínico estável.

Baixar arquivo
Economia

IBGE prevê safra recorde de 263,4 milhões de toneladas em 2022

O Brasil deve produzir, em julho, 263 milhões e 400 mil toneladas de cereais, leguminosas e oleaginosas. Um recorde! A estimativa está no Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, divulgado nesta quinta-feira pelo IBGE.

Baixar arquivo