Funai vai ter que garantir segurança de servidores e indígenas no AM

Publicado em 15/06/2022 - 10:50 Por Ana Lúcia Caldas - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

A Funai, Fundação Nacional do índio, vai ter de adotar medidas de segurança pública a seus servidores e aos povos indígenas no Vale do Javari, no Amazonas, onde o indigenista Bruno Pereira e o jornalista Dom Phillips estão desaparecidos desde o dia 5 de junho.

A Justiça Federal acolheu na noite dessa terça-feira (14) pedido da Defensoria Pública da União nesse sentido. O pedido se refere aos servidores da Funai e aos povos indígenas em todas as Bases de Proteção do Vale do Javari – Quixito, Curuçá e Jandiatuba, bem como as sedes das coordenações regionais do Vale do Javari e Coordenação da Frente de Proteção Etnoambiental da região.

O pedido da Defensoria também garantiu que a Funai não adote qualquer comportamento que busque desacreditar a trajetória do indigenista e do jornalista, além de o órgão se abster de praticar qualquer ato que seja considerado “atentatório à dignidade" contra os desaparecidos.

Na decisão, a juíza Jaiza Maria Pinto Fraxe, da 1ª Vara Federal Cível da Seção Judiciária do Amazonas, determinou a retirada imediata de uma 'nota de esclarecimento' dos veículos oficiais de mídia da Funai. Ela entende que a nota contém "afirmações incompatíveis com a realidade dos fatos e com os direitos dos povos indígenas".

Na nota, a Funai afirma que Bruno Pereira e Dom Phillips não tinham autorização para ingressar em terra indígena e que deveriam ter comunicado sobre a expedição. Segundo os defensores que assinaram a petição, a nota da Funai é considerada uma violação aos direitos humanos.

 

Últimas notícias
Internacional

ONU pede fim de atividades militares perto de usina nuclear ucraniana

O líder das Nações Unidas, António Guterres, pediu às forças militares da Rússia e da Ucrânia que cessem, imediatamente, todas as atividades militares perto da usina nuclear de Zaporizhzhia, no sul da Ucrânia.
 

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz pede registro de novos testes contra varíola dos macacos

A Fundação Oswaldo Cruz pediu à Anvisa - Agência Nacional de Vigilância Sanitária - o registro de dois novos teste para diagnóstico de monkeypox. O pedido foi feito por meio do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos, Bio-Manguinhos.

Baixar arquivo
Economia

Setor de serviços cresce 0,7% na passagem de maio para junho, diz IBGE

Com isso, se encontra 7,5% acima do nível pré-pandemia, de fevereiro de 2020, mas ainda 3,2% abaixo do ponto mais alto, conquistado em novembro de 2014.

Baixar arquivo
Saúde

Ingerir álcool durante a gravidez pode causar síndrome alcoólica fetal

Mesmo que seja baixa a quantidade de álcool ingerida pela futura mãe, ainda existe o risco da doença,  que pode trazer consequências gravíssimas para o feto e recém-nascidos.

Baixar arquivo
Economia

Quase metade dos brasileiros fazem "bicos" para ampliar renda

Pesquisa aponta que quase q metade dos brasileiros com 16 anos de idade ou mais precisaram fazer atividades extras nos últimos 12 meses para complementar sua renda.

Baixar arquivo