Praia do Sancho, em Fernando de Noronha, é eleita a melhor do mundo

Publicado em 10/01/2024 - 13:46 Por Gabriel Corrêa - Repórter da Rádio Nacional - São Luís

Não tem como concorrer. A Praia do Sancho, em Fernando Noronha, Pernambuco, foi escolhida a "melhor praia do mundo", em uma votação feita entre viajantes de um dos principais sites especializados em viagens do mundo: o TripAdvisor. O ranking mundial é divulgado todos os anos.

A imagem da praia e seu mirante, com um mar azul turquesa, é o que vem à mente de quem pensa em Fernando de Noronha, localizada a 375 quilômetros do continente. A Baía do Sancho fica na costa oeste da principal ilha do arquipélago. O acesso é de barco ou por uma escada. Mas só passa uma pessoa, por vez, em uma estreita fenda, um paredão entre as rochas. O que pode dificultar para idosos e crianças. A jornalista Danielle Soares visitou a praia, em junho do ano passado.

Para o Ministério do Turismo, a escolha do paraíso natural, como melhor praia do mundo, não surpreende, tanto por causa da paisagem, quanto pelas estritas regras para manter o turismo sustentável. A visitação tem limitações rigorosas quanto ao número de visitantes: 11 mil por mês. Isso para garantir a preservação das praias e recifes de coral. Os turistas também pagam uma taxa de acesso.

A beleza, claro, vale a pena, e nunca saiu da memória do empresário Carlos Toscano.

Walter Siqueira, que mora a menos de 500 metros da praia, resume o que é a Baía do Sancho.

O arquipélago é formado por 21 ilhas e tem outras 15 praias, ruínas e monumentos do século XVIII. Na área urbana da principal ilha, a única habitada, existem poucas vilas e os serviços integram a cadeia produtiva do turismo, a principal fonte de renda. Desde o final dos anos 1980, foi criada uma área de proteção ambiental para preservação das espécies.

Na mesma votação internacional, a Praia de Ipanema foi lembrada entre os viajantes, mas na 19ª posição. 

Edição: Leila Santos/ Renata Batista

Últimas notícias
Geral

Assassino de Ari Uru-Eu-Wau-Wau é condenado a 18 anos de prisão

O comerciante João Carlos da Silva foi condenado, inicialmente em regime fechado, pelo crime de homicídio duplamente qualificado cometido contra o professor e líder indígena Ari Uru-Eu-Wau-Wau, ocorrido em abril de 2020.

Baixar arquivo
Geral

UFRRJ retoma aulas uma semana depois da morte de estudante

A Administração Central da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, em Seropédica, Baixada Fluminense, decidiu que até a próxima sexta-feira as aulas deverão ocorrer presencialmente.

Baixar arquivo
Geral

Documentos indicam que corpos em barco no Pará seriam de africanos

Documentos e objetos encontrados junto aos nove corpos dentro de um barco no Pará, no último sábado (13), indicam que seriam de migrantes da região da Mauritânia e do Mali, países da África Ocidental.

Baixar arquivo
Geral

Governo Federal retorna ao Marajó em comitiva com vários ministros

Uma comitiva do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania e outros órgãos do Governo Federal retorna nesta terça-feira (16) à região para dar continuidade ao Programa Cidadania Marajó.

Baixar arquivo
Geral

INSS alerta que não usa intermediário para liberar salário-maternidade

Se a segurada precisar do auxílio de terceiros, a recomendação do INSS é para que busque um advogado devidamente registrado na OAB, para ter certeza que está contratando um profissional habilitado ou na Defensoria Pública.

Baixar arquivo
Esportes

Chama olímpica é acesa na Grécia e chegará à França em 8 de maio

O boletim esportivo desta terça-feira, 16, destaca a a largada para os Jogos Olímpicos de Paris. A cerimônia da chama olímpica, como manda a tradição para a abertura dos Jogos Olímpicos, foi na cidade de Olímpia, com a presença do presidente do Comitê Olímpico Internacional, T

Baixar arquivo