Governo anuncia construção de primeiro hospital indígena no país

A unidade vai atender o povo Yanomami, em Boa Vista, Roraima

Publicado em 23/02/2024 - 07:45 Por Ana Lúcia Caldas - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O Brasil vai ganhar o primeiro hospital indígena para atendimento ao povo Yanomami. Será em Boa Vista, Roraima. A nova unidade de saúde está entre as medidas da área de saúde para apoiar as ações emergenciais diante da crise na região, como explica o secretário de Saúde Indígena, Weibe Tapeba.

"Esse hospital como hospital de retaguarda, e que leve os serviços de atenção especializada, de média e de alta complexidade, para aquela região. Entendendo que os serviços de saúde da nossa rede de Roraima, em Boa Vista, é um sistema que no ano passado acabou colapsando também. Teve uma emergência decretada. Tem um cenário de crise humanitária de refugiados vindo da Venezuela". 

Também foram anunciadas construção do Centro de Referência em Surucucu, e as reformas de 22 unidades básicas de saúde indígenas e da Casa de Apoio à Saúde Indígena, em Boa Vista.

Segundo a ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, vai ser construída ainda, uma casa de governo na capital de Roraima, composta por 13 ministérios.

Para a construção da casa de governo e do hospital, o Ministério dos Povos Indígenas garantiu R$1,2 bilhão.

Um Inquérito de Saúde Indígena está sendo feito, em parceria com o Instituto IBGE para identificar a subnotificação de dados no território. De acordo com o Censo de 2023, são 27 mil indígenas vivendo no território Yanomami. No entanto, os sistemas oficiais do Ministério da Saúde indicam uma população de 31 mil pessoas.

O objetivo do inquérito é compreender o que ocorreu com essas pessoas que não aparecem no Censo.

Desde janeiro de 2023, o número de profissionais na região foi aumentado, o investimento em ações de saúde, dobrado, e o Ministério trabalhou para garantir a assistência e combate às principais doenças, como a malária e desnutrição no território Yanomami.

Edição: Leila Santos - Marizete Cardoso

Últimas notícias
Segurança

CCJ da Câmara aprova lei que permite aos estados decidirem sobre armas

Pelo projeto de lei, os estados poderiam decidir sobre a posse e o porte de armas. Parlamentares favoráveis à proposta acreditam que diferenças estaduais precisam ser respeitadas. Já os contrários, afirmam que regras sobre armas devem ser definidas por uma lei nacional. Base do governo aponta inconstitucionalidade da medida.

Baixar arquivo
Esportes

Libertadores: Flamengo e Palmeiras terão duelo contra altitude

Nesta quarta-feira (24), Flamengo vai a La Paz, na Bolívia, para enfrentar o Bolívar. E Palmeiras vai a Quito, no Equador, para encarar Independiente del Valle. 

Baixar arquivo
Cultura

Carnaval: maior festa popular agora é manifestação cultural nacional

“É colocar o carnaval do lugar de direito dele”, afirma Rita Fernandes, presidente da Sebastiana, associação de blocos de rua do Rio de Janeiro. Para ela, a lei significa mais incentivos e mais investimentos em torno da folia que leva milhões às ruas brasileiras.   

Baixar arquivo
Saúde

Brasil registra mais de 3 mil mortes por covid-19 em 2024

Infectologista fala da necessidade de se manter o reforço da vacinação em dia para evitar que as pessoas se tornem agentes de contaminação para pessoas do grupo de risco. 

Baixar arquivo
Geral

Portos e Aeroportos e Anac irão investigar morte de cão Joca em avião

O cão Joca morreu aos cuidados da Gol. Ele foi embarcado para o destino errado e ficou oito horas dentro do canil, a uma temperatura de 36°. Presidente Lula prestou homenagem ao golden retriever, usando uma gravata com cachorros.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Caso Bruno e Dom: Justiça adia julgamento sobre júri popular

O desembargador federal retirou o julgamento da pauta para avaliar o pedido dos advogados de defesa. Ele também não divulgou nova data para retornar a apreciação. 

Baixar arquivo