Secretário-geral da ONU pede que países descartem suas armas nucleares

Publicado em 01/08/2022 - 16:58 Por Monica Grayley - Repórter da ONU News - Nova York (EUA)

A sede da ONU, em Nova Iorque, acolhe a 10ª. Conferência de Revisão das Partes do Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares, TNP.

O secretário-geral António Guterres afirmou, na abertura, que o mundo tem um arsenal de 13 mil armas nucleares. O líder da ONU fez um alerta na sessão que se estende até 26 de agosto: os riscos de proliferação sobem quando enfraquecem as proteções para evitar a escalada.

Para Guterres, as crises estão incitando às insinuações nucleares, quando tensões geopolíticas atingem novos máximos, a competição excede a cooperação e a colaboração. Ele disse ainda que a desconfiança substituiu o diálogo e a desunião ficou no lugar do desarmamento.

Como exemplo, o secretário-geral ressaltou situações como o Oriente Médio, a Península Coreana, a invasão da Ucrânia pela Rússia, e muitos casos acontecendo pelo mundo.

O discurso assinala o perigo da humanidade esquecer as lições de Hiroshima e Nagasaki, cidades japonesas atacadas com bombas atômicas em 1945. 

Segundo o chefe da ONU, os países buscam uma falsa segurança ao “reservar e gastar centenas de bilhões de dólares em armas apocalípticas que não têm lugar em nosso planeta”.

Por isso, Guterres considera a Conferência de Revisão relevante, porque o mundo carece “mais do que nunca do Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares”.

Entre as principais urgências, ele recomenda a definição de parâmetros sobre como evitar desastres e colocar a humanidade em um novo caminho para um mundo livre desse tipo de armamento. Nesse sentido, Guterres apontou cinco pontos de atuação. 

A prioridade é o reforço e a reafirmação da norma com 77 anos sobre as armas nucleares. Ele afirma que a eliminação destes engenhos também deve começar com novos compromissos para diminuir o número do armamento. 

Em terceiro lugar, o secretário-geral diz que se deve abordar as tensões latentes no Oriente Médio e na Ásia. Ao falar da continuação dos conflitos e ameaça das armas nucleares, ele defendeu o diálogo e a negociação para reduzir as tensões e construir a confiança nas regiões.

Como quarto ponto, Guterres pediu que seja promovido o uso pacífico de tecnologias deste campo para acelerar ou alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. 
Ele ressaltou que as metas globais até 2030 trazem benefícios para a humanidade.

Por último, convocou o mundo a cumprir todos os demais compromissos assumidos no Tratado e a garantir um texto atualizado e adaptado, renovado e com negociações genuínas de boa fé. 

António Guterres pediu atenção internacional constante às lições do passado e à fragilidade do futuro.

Últimas notícias
Direitos Humanos

Rio lança o "Ouvidoria Mulher" para vítimas de violência doméstica

O serviço, lançado nesta quarta-feira (10),  faz parte das ações do Ministério Público do Estado, para marca o mês de agosto, em que se comemora os 16 anos da Lei Maria da Penha.

Baixar arquivo
Geral

PF faz ação contra organização que fraudava planos de saúde no RJ

Os investigadores estimam que em cinco anos, a partir de 2014, a gestão de uma operadora de plano de saúde de servidores públicos causou um prejuízo da ordem de R$ 664 milhões.

Baixar arquivo
Geral

PF prende homem acusado de roubar bitcoins nos EUA

Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão; e um mandado de prisão preventiva na cidade de Imperatriz, sul do estado.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Lei em Salvador dará multa para quem intimidar mulheres na cidade

Ela estabelece sanções para quem cometer assédio contra mulheres, ou que as exponham publicamente a qualquer tipo de constrangimento, no âmbito da incidência, ou não, da Lei Maria da Penha.

Baixar arquivo
Justiça

Justiça aceita denúncia contra dona de asilo por maus-tratos

Vanessa da Silva Ferro de Souza é proprietária e administradora da casa de repouso para idosos Laço de Ouro, na zona oeste do Rio, onde um paciente da instituição morreu.

Baixar arquivo
Esportes

Etapa do Taiti define últimas vagas para Finals do Circuito de Surfe

Filipe Toledo, que lidera o ranking mundial, competirá na quarta bateria da primeira fase

Baixar arquivo