Lula estimula contribuições para os refugiados da Palestina

Publicado em 15/02/2024 - 21:46 Por Roberto Piza - da Rádio Nacional * - Brasília
Atualizado em 16/02/2024 - 06:40

O presidente Lula disse, nesta quinta-feira (16), que o Brasil vai fazer novos depósitos em dinheiro à Agência das Nações Unidas para os refugiados da Palestina no Oriente Médio. A afirmação foi feita durante a sessão extraordinária da Liga dos Estados Árabes, no Cairo, capital do Egito.

Lula também estimulou todos os países a manter e reforçar suas contribuições.

No início deste ano, mais de 15 países suspenderam o financiamento à agência após denúncias de envolvimento de funcionários nos ataques surpresa do grupo palestino Hamas a Israel, em 7 de outubro do ano passado. O episódio desencadeou uma ofensiva israelense contra os terroristas do Hamas em territórios palestinos.

Estados Unidos, Reino Unido, França, Canadá, Austrália e Itália são alguns dos países que já suspenderam novos recursos à agência das Nações Unidas para os refugiados da Palestina no Oriente Médio.

A ONU informou que rescindiu os contratos com 12 supostos envolvidos nos ataques a Israel e abriu investigação.

Os terroristas do Hamas mataram no território israelense mil e duzentos civis, entre homens, mulheres, crianças e idosos, além de militares. E fizeram ainda centenas de reféns.

Em resposta, os ataques de Israel resultaram em 20 mil mortos também entre homens, mulheres, crianças e idosos, além dos próprios terroristas.

Para Lula, a reação israelense é desproporcional e indiscriminada.

O presidente lembrou ainda que o Brasil foi o primeiro país latino-americano a receber o status de observador na Liga dos Estados Árabe, composta por 22 países.

E disse que quer aprofundar a parceria e o comércio com países pobres e emergentes.

Lula está em viagem ao Egito, e também vai à Etiópia, para reforçar a agenda internacional do Brasil junto aos países africanos.

De acordo com o presidente, a balança comercial do Brasil com países da Liga Árabe passou de US$ 5,4 bilhões em 2022 para US$ 30 bilhões de dólares em 2023. 

*Com apuração de Oussama El Ghaouri

Edição: Roberto Piza / Liliane Farias

Últimas notícias
Política

Especialistas alertam para riscos da PEC que criminaliza drogas

A PEC aprovada no Senado ainda precisa ser analisada pela Câmara dos Deputados. Por enquanto, não há previsão para votação.

Baixar arquivo
Política

Senado aprova ampliação da faixa de isenção do imposto de renda

A proposta revisa para R$ 2.824,00 o limite de renda mensal que não precisa pagar Imposto de Renda. Esse valor também corrige as demais faixas, já que existe uma progressividade da tabela.

Baixar arquivo
Justiça

Traje religioso em documentos oficiais é constitucional, diz STF

Os ministros  do STF julgaram um recurso da União contra a decisão da Justiça Federal que autorizou o uso de traje religioso na foto para a Carteira Nacional de Habilitação.

Baixar arquivo
Geral

Comissão de juristas entrega proposta de novo Código Civil a Pacheco

O projeto propõe a alteração de mais de mil artigos do atual código e contempla temas atuais, como o direito digital. Proposta passará por ampla discussão entre os senadores para, só então, ser colocada em votação.

Baixar arquivo
Internacional

Internacional: pelo menos 50 mil soldados russos morreram na Ucrânia

A contagem foi feita pela BBC, em parceria com um grupo de mídia independente e voluntários. Do lado ucraniano, estima-se que são 31 mil mortos.
E mais: a exatos 100 dias da Olimpíada de Paris, entidades denunciam a expulsão de imigrantes da capital francesa.

Baixar arquivo
Esportes

Futebol: CBF sorteia duelos da 3ª fase da Copa do Brasil

Confira também os jogos da 2ª rodada do Brasileirão. Rádio Nacional transmite Flamengo x São Paulo, às 21h30, nesta quarta-feira (17). 

Baixar arquivo