Familiares de desaparecidos poderão coletar DNA para busca de parentes

Publicado em 10/06/2021 - 22:08 Por Fabiana Sampaio, Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Familiares de pessoas desaparecidas em todo o Brasil vão poder fazer gratuitamente coleta de DNA a partir da próxima semana para ajudar na identificação desses parentes.

A Campanha Nacional acontece entre os dias 14 e 18 de junho, e é uma iniciativa do Ministério da Justiça e Segurança Pública para ampliar o Banco Nacional de Perfis Genéticos e ajudar mais familiares a identificar seus entes desaparecidos.

Todas as unidades da Federação vão contar com postos de atendimento para a coleta de dados. Podem participar da campanha pais, filhos e irmãos com os mesmos genitores.

No Rio de Janeiro serão 13 postos espalhados pelo Estado. A  Secretaria de Polícia Civil do Rio  vai fazer um mutirão para a coleta das amostras.

Qualquer pessoa com um familiar desaparecido poderá procurar os postos. Se o registro do sumiço ainda não tiver sido feito, os agentes vão auxiliar, encaminhando as pessoas para as delegacias mais próximas.

A coleta é simples e sem dor. Ela é feita com uma espécie de cotonete, que é passado na parte interna das bochechas da pessoa.

Marcelo Martins, diretor do laboratório de DNA da Policia do Rio, que é vinculado ao Departamento Geral de Polícia Técnico Científica, explica que o  material genético do  familiar é comparado com perfis genéticos de corpos não identificados dos bancos estaduais e nacional, aumentando  a chance de esclarecimento de muitos casos.

O diretor ainda ressalta que os dados coletados serão usados apenas para a finalidade do banco de perfis genéticos.

O banco de perfis genéticos do Instituto de Pesquisa e Perícias em Genética Forense do Estado do Rio existe desde 2012 e contribui com cerca de 26% das amostras coletadas de familiares no Banco Nacional.

Em 2013, pela primeira vez um corpo de uma pessoa desaparecida foi identificado a partir do material genético depositado no banco de DNA do Rio de Janeiro.

Os endereços dos locais para fazer a coleta estão no site do Ministério da Justiça e Segurança Pública. O trabalho vai seguir todos os protocolos de segurança e distanciamento para prevenir o contágio do coronavírus.

Edição: Roberto Piza/ Beatriz Arcoverde

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Senacon oferece cursos gratuitos sobre direitos do consumidor

Quem quiser conhecer mais sobre temas que envolvem o dia a dia do consumidor, pode se inscrever em um dos cursos gratuitos que a Secretaria Nacional do Consumidor – Senacon está oferecendo.

Baixar arquivo
Geral

Bolsonaro participa da entrega de espadins na Escola Naval

Na cerimônia, o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, disse que o recebimento do espadim é a materialização do esforço e da dedicação dos aspirantes.

Baixar arquivo
Educação

Inscrições do Enem 2021 começam em 31 de junho também para treineiros

Estudantes que ainda não completaram o terceiro ano do ensino médio e estão interessados em fazer o Enem - Exame Nacional do Ensino Médio para se autoavaliar, podem se inscrever para a prova como treineiros, mas, apenas para a versão impressa.

Baixar arquivo
Cultura

Morto por covid, diretor de carnaval Laíla é enterrado no Rio

Laíla morreu na sexta-feira por complicações da covid-19. O carnaval carioca também perdeu nessa sexta Amadeu Amaral, o mestre Mug, que por 30 anos comandou a bateria da escola de samba Vila Isabel.

Baixar arquivo
Saúde

Rio inclui gestantes no calendário único de vacinação

A medida também inclui lactantes e  puérperas sem comorbidades. Essas vacinações  devem ser feitas com prescrição médica.

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz entrega mais cinco milhões de vacinas da AstraZeneca

Somando a entrega desta semana, já são 54,8 milhões de doses produzidas e disponibilizadas ao Ministério da Saúde. Outras quatro milhões foram importadas prontas do Instituto Serum da Índia. 

Baixar arquivo