Apple e Samsung são notificadas pela venda de celular sem carregador

Publicado em 27/10/2021 - 21:40 Por Igor Cardim* - estágiário da Rádio Nacional - Brasília

As empresas Apple e Samsung foram notificadas pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública nesta quarta-feira, por causa da venda dos celulares que vêm sem o carregador de energia na caixa, apenas com o cabo.  

O Ministério da Justiça  notificou essas empresas em novembro do ano passado. Mas as empresas alegaram que o carregador não seria necessário já que a bateria e o dispositivo tem durabilidade maior. Disseram também que a prática é um estímulo a um consumo consciente.

Por outro lado, o Ministério orientou as empresas  que fossem adotadas políticas que formassem cidadãos mais conscientes em relação às responsabilidades, direitos e consumo sustentável. O que, de acordo com a pasta, até hoje não foi implementado.

No novo ofício, as empresas devem informar se tem interesse de fazerem um TAC – Termo de Ajustamento de Conduta, de forma preventiva e individualizada.

A TAC prevê que as duas empresas de tecnologia adotem uma política de transição, disponibilizando de forma gratuita os adaptadores de tomada dos carregadores, para todos os clientes.

Pelos menos, até que sejam implementadas políticas de consumo consciente.

A Samsung chegou a adotar uma campanha, mas o Ministério da Justiça alegou que o tempo foi curto e não atendeu as medidas da Secretaria Nacional do Consumidor.

As empresas tem 15 dias para responder os questionamentos, e se a resposta for considerada positiva, darão início ao Termo de Ajustamento de Conduta. Se não atenderem aos pedidos, um processo administrativo contra as empresas pode ser aberto.

A Apple Brasil disse que não comentará sobre a notificação. Nós tentamos contato com a Samsung Brasil e a Apple Brasil, mas, até agora, não retornaram.

*Com supervisão de Raquel Mariano

Edição: Raquel Mariano / Beatriz Arcoverde

Últimas notícias
Esportes

Corinthians é tricampeão paulista feminino

Com a presença de mais de 30 mil torcedores, as corinthianas fecharam o ano com a tríplice coroa, uma vez que conquistaram também as taças do Brasileiro e da Libertadores.

Baixar arquivo
Geral

Migração para os EUA esvazia cidade mineira de Alpercata

Os efeitos econômicos da pandemia do coronavírus, especialmente a baixa oferta de empregos, foram os principais motivos para o aumento da migração.

Baixar arquivo
Economia

Custo médio da cesta básica aumentou em nove cidades, de acordo Dieese

As cestas básicas mais caras foram encontradas em Florianópolis, São Paulo e Porto Alegre, custando entre R$ 710,53 e R$ 685,32. Já as cestas mais baratas: Aracaju Salvador e João Pessoa, com preços entre R$ 473,26 e R$ 508,91.

Baixar arquivo
Política

PEC dos Precatórios é promulgada pelo Congresso Nacional

A proposta aprovada possibilita a mudança no cálculo do teto de gastos e abre um espaço de R$ 106 bilhões no Orçamento da União. Parte dos recursos deverá custear o Auxílio Brasil. 

Baixar arquivo
Saúde

Butantan vai doar 400 mil vacinas de gripe para o Rio de Janeiro

A cidade está com imunização parada há seis dias, por falta de vacinas, e teve 21 mil casos da doença diagnosticados nas últimas três semanas.

Baixar arquivo