PF realiza três operações contra garimpo ilegal de ouro no Brasil

Publicado em 07/07/2022 - 12:18 Por Beatriz Albuquerque - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

A Polícia Federal deflagrou três operações nesta quinta-feira (07): operações Ganância, Golden Greed e Comando. A ideia é combater os crimes de extração e comércio ilegais de ouro no norte do país, além de lavagem de dinheiro, corrupção e organização criminosa. 82 mandados de busca e apreensão e cinco de prisão preventiva estão sendo cumpridos nos estados do Acre, Goiás, Mato Grosso, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Rondônia.

As investigações da Operação Ganância começaram em fevereiro de 2021 após uma denúncia envolvendo empresas de Porto Velho, capital de Rondônia, do ramo da saúde, com acusações de lavagem de dinheiro e licitações fraudulentas ligadas ao garimpo irregular na região. 

De acordo com a PF, entre os anos de 2019 e 2021, o grupo criminoso movimentou mais de 16 bilhões de reais.  O valor do impacto ambiental em apenas um dos garimpos identificados na operação foi estimado em cerca de 300 milhões de reais.

Já a operação Golden Greed identificou servidores da Agência Nacional de Mineração do Pará além de organizações criminosas que atuam na extração e comércio ilegais de ouro no estado.

As investigações da operação Comando identificaram um grupo de criminosos envolvido no tráfico internacional de drogas e especializado no transporte de carregamentos de cocaína, por meio de aviões. A organização adquiria grandes quantidades de cocaína, na região fronteiriça do Mato Grosso do Sul com o Paraguai, e levava, em aeronaves para a região de Jundiaí, em São Paulo.

Os crimes apurados nas investigações são os de usurpação de bem mineral da União, receptação qualificada, falsidade ideológica, redução do pagamento de tributos federais, corrupção ativa e passiva, promoção de organização criminosa, crimes ambientais, dentre outros.

Edição: Leila dos Santos / Guilherme Strozi

Últimas notícias
Justiça

No STF termina o julgamento da nova Lei de Improbidade Administrativa

O Supremo Tribunal Federal decidiu que a nova Lei de Improbidade Administrativa é válida para todos os processos em andamento. Inclusive aqueles abertos antes de ela entrar em vigor, em outubro do ano passado.

Baixar arquivo
Política

Candidatos à presidência fazem campanha em São Paulo e Minas Gerais

A Rádio Nacional acompanha as agendas dos cinco candidatos à Presidência da República mais bem posicionados na mais recente pesquisa de intenções de voto registrada no Tribunal Superior Eleitoral. E traz os detalhes em ordem alfabética.

Baixar arquivo
Geral

Anatel autoriza 5G no Rio, Palmas, Florianópolis e Vitória no dia 22/8

A Anatel autorizou, nesta quinta-feira, as operadoras de telefonia a ligarem o 5G no Rio de Janeiro, Palmas, Florianópolis e Vitória a partir da próxima segunda-feira, dia 22 de agosto.

Baixar arquivo
Esportes

Minas Quad vence Campeonato Brasileiro de Rugby de Cadeiras de Rodas

Além de definir a melhor equipe brasileira da temporada, os nomes dos atletas que vão disputar uma das 12 vagas na seleção brasileira para disputar o Mundial também foram escolhidos nessa quarta-feira.

Baixar arquivo
Geral

Cade condena empresas por cartel de gás de cozinha no Nordeste

As multas para as três empresas somam mais de R$ 640 milhões. De acordo com a condenação, divulgada nesta semana, 11 pessoas físicas também devem pagar multas que ultrapassam R$ 1,9 milhão.

Baixar arquivo
Política

TSE define ordem das propagandas eleitorais no rádio e na televisão

Horário eleitoral começa dia 26 de agosto. Quatro candidatos à presidência da República não foram incluídos no sorteio pelo TSE porque não atingiram a cláusula de barreira.

Baixar arquivo