Entidades assinam manifesto a favor da democracia

Publicado em 22/02/2024 - 17:30 Por Renato Ribeiro - repórter da Rádio Nacional - Brasília

Mais de 80 entidades assinaram um manifesto a favor da democracia e contra o ato convocado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro, na Avenida Paulista, no próximo domingo (25). 

O documento foi lançado, nesta quinta-feira (22), por juristas, integrantes de movimentos sociais, partidos políticos e entidades da sociedade civil, na Câmara dos Deputados, em Brasília.

O advogado Cesar Brito explica que o manifesto é um alerta à sociedade contra os envolvidos nos atos antidemocráticos de oito de janeiro. 

" Incapazes de contrapor os gravissimos fatos revelados nas investigações da Polícia Federal, sob a supervisão do Supremo Tribunal Federal e da Procuradoria Geral, os mesmos elementos manifestam-se agora contra à justiça, à democracia, e o Estado de Direito. A reação organizada contra o inquérito caracteriza a continuidade daquele golpe pela busca da impunidade dos seus comandantes",  afirma Brito. 

O documento chama os atos golpistas de ataques à democracia, segundo o advogado César Brito.

"Não há como entender a reação dos golpistas de outra forma que não seja a de mais um ataque à democracia. Apesar dos argumentos falaciosos de quem a convoca, organiza e financia com recursos de origem obscura, não há como considerar normais na democracia manifestações em benefício exclusivo de quem nunca aceitou a viver sob seus preceitos", argumenta o advogado. 

O manifesto é assinado por partidos como PT, PC do B e PSol, além de diversas entidades, por exemplo, Associação de Brasileira de Juristas pela Democracia, Central Única dos Trabalhadores e União Brasileira dos Estudantes. 

Edição: Bianca Paiva / Liliane Farias

Últimas notícias
Geral

Portos e Aeroportos e Anac irão investigar morte de cão Joca em avião

O cão Joca morreu aos cuidados da Gol. Ele foi embarcado para o destino errado e ficou oito horas dentro do canil, a uma temperatura de 36°. Presidente Lula prestou homenagem ao golden retriever, usando uma gravata com cachorros.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Caso Bruno e Dom: Justiça adia julgamento sobre júri popular

O desembargador federal retirou o julgamento da pauta para avaliar o pedido dos advogados de defesa. Ele também não divulgou nova data para retornar a apreciação. 

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Letalidade policial no Brasil preocupa, aponta Anistia Internacional

“As polícias do Brasil não usam a inteligência como ferramenta. Usam a brutalidade, o tiroteio, as armas, a matança", afirma Jurema Werneck, Diretora Executiva da Anistia Internacional Brasil. Relatório da organização mostra violações de direitos humanos em mais de 150 países. No Brasil, as denúncias em 2023 aumentaram 41%, em relação a 2022.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Indígenas capturam 12 garimpeiros em Território Yanomami

Os garimpeiros foram escoltados até uma equipe da Força Nacional e serão levados para sede da Polícia Federal em Boa Vista. 

Baixar arquivo
Educação

São Paulo oferece curso inédito de licenciatura intercultural indígena

O curso é voltado a docentes que lecionam em escolas de terras indígenas de São Paulo dos povos Guarani Mbya e Nhandewa, e também das etnias Kaingang, Krenak e Terena.

Baixar arquivo
Educação

Professores indígenas na Bahia terão mesmo salário da rede estadual

A lei que reestrutura a carreira de professores indígenas foi sancionada pelo governador, Jerônimo Rodrigues. E assegura condições, gratificações e adicionais previstos para o magistério público dos ensinos fundamental e médio. 

Baixar arquivo