Força Nacional vai atuar na Amazônia Legal para inibir crimes

Publicado em 29/04/2021 - 16:35 Por Com supervisão de Sheily Noleto, Luísa Câmara estagiária da Rádio Nacional - Brasília

A Força Nacional de Segurança Pública vai atuar na Amazônia Legal para inibir e fiscalizar possíveis crimes na região. A ação é um apoio ao trabalho do Ibama e foi autorizada nesta quinta-feira pelo Ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres.

As ações de repressão, combate ao desmatamento ilegal e outros crimes ambientais, como incêndios, serão feitas por militares durante 260 dias, período que pode vir a ser prorrogado.

As tropas federais vão se juntar às equipes de fiscalização do Ibama para garantir a segurança dos servidores e a preservação da biodiversidade nacional.

A Amazônia legal compreende uma área de 5 milhões de quilômetros quadrados e engloba os estados do Amazonas, Amapá, Acre, Roraima, Rondônia, Pará, Tocantins, Mato Grosso e parte do Maranhão.

Atualmente, segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, na Amazônia são encontradas aproximadamente quarenta mil espécies de plantas e mais de quatrocentas espécies de mamíferos, além de quase mil e trezentos tipos de pássaros. Os rios amazônicos guardam outras 3 mil espécies de peixes.

Edição: Sheily Noleto/ Beatriz Arcoverde

Últimas notícias
Economia

Em junho, balança comercial registra saldo positivo de U$ 8,8 bilhões

O Brasil exportou mais de U$ 32,7 bilhões em produtos ao longo do mês passado. E comprou de outros países quase U$ 24 bilhões.

Baixar arquivo
Geral

Funcionários podem ser punidos em caso de difamação nas redes

Os funcionários podem usar suas redes sociais para fazer desabafos sobre o trabalho desde que não violem o direito à imagem e à privacidade da empresa

Baixar arquivo
Geral

TSE: eleições terão novos recursos de acessibilidade

O vídeo feito por uma intérprete de Libras será exibido em todas as 577 mil urnas eletrônicas preparadas para a eleição de outubro

Baixar arquivo
Economia

Doação de pessoa para campanha via PIX só pode ser feita com CPF

A decisão por unanimidade foi do plenário do Tribunal Superior Eleitoral na sessão desta sexta-feira.

Baixar arquivo
Cultura

Sinal da TV Brasil chega a Feira de Santana, na Bahia

O sinal da TV pública nacional agora pode ser assistido na região pelo canal aberto, disponível para mais de 700 mil telespectadores.  

Baixar arquivo
Educação

Vestibular de 2023 da USP terá novo critério de classificação

Todos os candidatos, incluindo alunos cotistas, vão disputar primeiro as vagas de Ampla Concorrência. Já os que fizeram todo o Ensino Médio em escolas públicas também concorrem às vagas destinadas a alunos de Escolas Públicas e os candidatos autodeclarados pretos, pardos e indígenas ainda podem disputar as vagas destinadas às cotas raciais, as chamadas PPI.

Baixar arquivo