Origem de lixo encontrado em praias do RN permanece desconhecida

3,5 toneladas de dejetos foram encontrados no litoral do estado

Publicado em 24/04/2021 - 16:14 Por Leandro Martins - Brasília

Técnicos de meio ambiente ainda não conseguiram identificar a origem de 3,5 toneladas de dejetos encontrados nas praias do litoral sul do Rio Grande do Norte, desde a última quarta-feira. Parte do lixo é hospitalar, como seringas, máscaras descartáveis e tubos para coleta de sangue. Mas também há documentos, restos de roupas, madeiras, garrafas pets, isopor e sacos plásticos.

Os técnicos de meio ambiente do Estado estão pesquisando a origem desses dejetos. O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) informa que ainda não tem informações oficiais, apenas suspeitas, como aponta o diretor do Idema, Leon Aguiar. "Nós temos suspeitas de que pode estar atribuído para o estado de Pernambuco", pondera. "E não podemos descartar a hipótese desse material ter vindo de mar aberto, de longas distâncias".

A Marinha do Brasil, através da Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte, informou, em nota, que não foram registrados acidentes náuticos recentes na região que justifiquem o aparecimento dos resíduos sólidos encontrados no estado. 

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) abriu uma investigação para apurar o lixo encontrado nas praias do litoral potiguar.

Edição: Sâmia Mendes / Francisco Marques

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Alison dos Santos é esperança brasileira no atletismo

O corredor brasileiro Alison dos Santos fez uma ótima marca nos 400 metros com barreiras: 48 segundos e 92 centésimos. Ele avançou para a semifinal com o segundo melhor tempo.

Baixar arquivo
Saúde

Covid: 2,3 mil prefeituras querem vacinação obrigatória

As prefeituras de nove em cada dez cidades brasileiras concordam com a vacinação obrigatória contra a Covid-19. O índice é resultado de um levantamento feito pela Confederação Nacional de Municípios.

Baixar arquivo
Saúde

Parkinson: tecnologia de baixo custo mede sinais da doença

O médico Bruno Pessoa explica que o método consiste na aplicação de sensores nas mãos do paciente e ressalta as vantagens desse mecanismo, tendo em vista tratar-se de um método de baixo custo.

Baixar arquivo
Esportes

Covid-19: Brasil chega a 25% dos adultos com vacinação completa

Um em cada quatro adultos brasileiros já concluiu o ciclo de vacinação contra covid-19. São pessoas imunizadas com a Janssen, de dose única, ou com as duas doses da CoronaVac, AstraZeneca ou Pfizer.

Baixar arquivo
Saúde

Brasil terá maioria de mulheres e jovens exercendo medicina até 2030

É o que aponta o estudo ProvMed 2030, feito pelo Ministério da Saúde, e que será usado na elaboração do Plano Nacional de Fortalecimento das Residências em Saúde.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Seca avança no Pantanal; desmatamento da amazônia é uma das causas

Continua em queda o nível do Rio Paraguai, principal fonte de água do Pantanal. Em Cáceres, Mato Grosso, o valor do nível das águas é um dos  menores já registrados nesta época do ano, 64 centímetros,  cinco a menos que na semana anterior.

Baixar arquivo