Brasil precisa integrar suas pesquisas sobre oceanos, diz estudo

Publicado em 20/07/2021 - 20:49 Por Fabiana Sampaio - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

A Academia Brasileira de Ciências lançou nesta terça-feira (20) um documento elaborado por um grupo de cientistas nacionais em defesa dos oceanos.

O texto reúne orientações para o Brasil cumprir metas estabelecidas pela ONU para a “Década da Ciência Oceânica”, iniciada este ano. O documento levanta os principais desafios e dificuldade que o Brasil tem hoje para contribuir com o esforço internacional de soluções para diminuir a degradação dos oceanos no mundo.

Durante evento transmitido pela internet, o coordenador do estudo e professor da Universidade Federal do Ceará, Luiz Drude, listou três aspectos que devem receber atenção na área: um deles é a carência de um instituto nacional que coordene as atividades de pesquisa oceânica. Um segundo aspecto é a capacidade limitada em observar os oceanos, que demanda um sistema integrado em diferentes escalas espaciais e temporais.

O professor Luiz Drude ainda destaca a necessidade de regulamentação urgente da exploração de recursos naturais marinhos, com a reversão dos níveis de degradação das águas costeiras do país.

A Academia Brasileira de Ciências vai monitorar as ações do Brasil ao longo da década da Ciência Oceânica, que vai até 2030, e pretende levar os problemas identificados aos gestores e tomadores de decisão do país.

Edição: Jéssica Goncalves / Guilherme Strozi

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Covid: DF começa a vacinar pessoas a partir dos 30 anos nesta terça

DF já registrou 57 casos da variante Delta. Mesmo assim, portaria do governo aumentou de 25% para 30% quantidade de público em eventos esportivos. 

Baixar arquivo
Política

No Alvorada, Jair Bolsonaro recebe o presidente de Portugal

O presidente da República, Jair Bolsonaro, recebeu, nesta segunda-feira, o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa. Eles reafirmaram parcerias econômicas e comerciais e reiteraram o compromisso mútuo de promover a recuperação das duas nações no contexto pós-pandemia.

Baixar arquivo
Educação

Programa Água nas Escolas pode construir 2 mil cisternas no Nordeste

Segundo o Ministério da Cidadania, o investimento inicial de R$ 60 milhões vai beneficiar mais de 100 mil alunos em mais de 350 municípios. 

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Programa Criança Protegida é lançado no Paraná

A iniciativa oferece aos estados formação e capacitação de profissionais do Sistema de Garantia de Direitos, para melhorar o atendimento e a assistência aos menores de idade que tiverem os direitos violados.

Baixar arquivo
Segurança

Caso Marielle Franco: MP do Rio pede aumento de pena para Ronnie Lessa

Segundo a denúncia do Ministério Público, Lessa e outros quatro denunciados atuaram para impedir e embaraçar a investigação sobre os homicídios ocorridos em março de 2018.

Baixar arquivo
Política

Rede Nacional: Ministro Fábio Faria detalha privatização dos Correios

O ministro Fábio Faria destacou que o primeiro ponto do projeto de privatização dos Correios trata da universalização dos serviços postais, e deu detalhes sobre os estudos que orientaram o texto que será votado no Congresso.

Baixar arquivo