80 milhões de toneladas de resíduos são produzidos no país a cada ano

Publicado em 13/08/2021 - 19:46 Por Eliane Gonçalves - Repórter da Rádio Nacional - São Paulo

Cada brasileiro gera, em média, quase 1 quilo de lixo por dia... Em um ano são 343 quilos. Juntando todo o país, são 80 milhões de toneladas de resíduos produzidos a cada ano.
Mas segundo um levantamento feito pelo Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana, -  Selurb - o lixo gerado por pessoa é menor nas cidades que cobram pelos serviços de coleta, tratamento e descarte de resíduos.

A pesquisa fala em redução média de 8% no volume de lixo gerado por pessoa. Marcio Matheus, presidente do Selurb, diz que ao pagarem, as pessoas ficam mais conscientes.

A pesquisa analisou 3.712 municípios. Em menos da metade havia a cobrança específica para a manutenção de resíduos. A Política Nacional de Resíduos Sólidos  prevê a cobrança de valores diferenciados para quem gera resíduos e diferencia as pessoas que recuperam resíduos. São os poluidores-pagadores e os protetores-recebedores, que devem ser remunerados para ajudar a dar um destino a tudo o que é descartado pelos poluidores.

Entre os protetores entram catadores de materiais recicláveis, mas também sucateiros, ferros-velhos, estabelecimentos agrícolas e uma gama de atores que veem como recursos o que ainda chamamos de lixo.

Só que na prática, essas pessoas ficam de fora já que na imensa maioria dos casos, o lixo é simplesmente recolhido e descartado pelos serviços de limpeza urbana. O resultado é que, em média, 60% do resíduo coletado no Brasil vão parar em aterros sanitários e os outros 40% vão para lixões.

Para o urbanista e consultor técnico na área de gestão de resíduos, Tarcísio Pinto, não adianta cobrar mais taxas e manter os a remuneração dos prestadores de serviços pelo volume de lixo recolhido ao invés de avançar para o uso sustentável desses recursos.

Apesar de ainda considerados um avanço no Brasil, em muitos países os aterros estão sendo desativados por serem grandes emissores de gases que contribuem para o aquecimento global. Na Alemanha, por exemplo, menos de 1% do lixo produzido no país vai parar em aterros sanitários.

Edição: Roberto Piza / Beatriz Arcoverde

Últimas notícias
Geral

Rio anuncia investimentos nas comunidades do Jacarezinho e Muzema

Serão investidos cerca de R$ 500 milhões nas duas comunidades, que foram escolhidas com base no índice de criminalidade e no número de habitantes, que passa dos 40 mil.

Baixar arquivo
Cultura

Rio e São Paulo adiam desfile de carnaval para feriado de Tiradentes

A decisão de adiar os desfiles das escolas de samba de fevereiro para abril foi tomada pelos prefeitos do Rio, Eduardo Paes e de São Paulo, Ricardo Nunes, em reunião virtual nessa sexta-feira.

Baixar arquivo
Geral

Código de Trânsito Brasileiro completa 24 anos

Criado em 1997 ele passou a vigorar no ano seguinte. Esse conjunto de normas sofreu várias atualizações desde a sua criação e algumas delas são bem fresquinhas e passam a valer em abril deste ano.

Baixar arquivo
Saúde

Saúde faz ação na região Norte para incentivar vacinação contra covid

Sete cidades da região norte foram alvo de uma campanha de vacinação e testagem da covid 19, neste sábado. Equipes do Ministério da Saúde percorreram esses locais para incentivar a população a procurar as unidades básicas de saúde para concluir o esquema vacinal e tomar as doses de reforço.

Baixar arquivo
Economia

Orçamento da União de 2022 é sancionado com vetos de R$ 3 bilhões

O Orçamento da União de 2022 foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, no fim do dia desta sexta-feira. A publicação vai sair no Diário Oficial da União, no próximo dia 24, segunda-feira.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Universo: telescópio James Webb chega ao espaço pronto para revolução

A Nasa lançou o novo telescópio espacial James Webb há quase um mês, no Dia de Natal. Mas só neste domingo, 23 de janeiro, ele deve chegar ao local em que vai ficar no espaço. 

Baixar arquivo