Planos de emergência para rompimento de barragens devem ser alterados

Publicado em 27/01/2022 - 15:47 Por Leandro Martins - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

A nova lei de barragens de usinas hidrelétricas prevê alteração em planos de emergência e planejamento de rotas de fuga junto com a comunidade, para casos de possível rompimento. Esse é um dos pontos que foram debatidos nesta quinta-feira (27), em audiência pública virtual da Aneel, a Agência Nacional de Energia Elétrica.

Entre as medidas preventivas abordadas está a instalação de alertas sonoros, estudos de impacto de rompimento e a fiscalização por conta da entidade que autoriza ou registra o uso do potencial hidrelétrico.

Também se discutiu que esses empreendimentos tenham um mapa de inundação para identificar áreas de médio e alto risco, como explica o superintendente de Regulação dos Serviços de Geração da Aneel, Mateus Machado.

De acordo com o diretor da Aneel, Hélvio Guerra, os acidentes com as barragens de mineração em Mariana, em 2015; e Brumadinho, quatro anos depois, ambos no estado de Minas Gerais, trouxeram preocupação também em relação aos empreendimentos do setor elétrico.

Mas, para Isabela Ramagem, assessora de Regulação da Abragel, Associação Brasileira de Geração de Energia Limpa, 94% das barragens do setor elétrico são consideradas seguras; e a nova lei não deve ser repressiva com esses empreendimentos.

Na mesma linha, Luiz Sérgio da Silva, da Silea Participações, considera que é preciso cuidado com normas muito excessivas para as barragens do setor elétrico.

A representante da Hidrelétrica de Furnas, Alessandra Valim, destacou a sugestão dada pela empresa para delimitar em dez quilômetros abaixo da barragem e trinta minutos de tempo para padronizar a zona de autossalvamento, no caso de um alerta de rompimento de barragem.

As contribuições da audiência pública visam aprimorar a atual Lei das barragens, que está em vigor desde 2020, depois de modificar a legislação anterior, de 2012.

Edição: Sâmia Mendes / Guilherme Strozi

Últimas notícias
Esportes

Há 15 anos, Romário balançava as redes pela milésima vez

O atacante, hoje senador da República pelo Rio de Janeiro, tinha então 41 anos de idade ao alcançar a mesma marca do Rei Pelé.

Baixar arquivo
Saúde

23 anos da venda de genéricos: saiba o que mudou nesse período

A iniciativa revolucionou o comércio de remédios, favoreceu o acesso a preços mais baixos, mas sem perder a qualidade, segurança e a eficácia dos produtos.

Baixar arquivo
Geral

Sudeste: confira a previsão do tempo para esta sexta (20)

Belo Horizonte, em Minas Gerais, tem céu claro, temperatura entre 7 e 21º C.

Baixar arquivo
Geral

Confira a previsão do tempo no Brasil para esta sexta-feira (20)

Vitória, no Espírito Santo, tem previsão de céu claro, termômetros marcam temperatura entre 16 e 25º C.

Baixar arquivo
Geral

Sul: confira a previsão do tempo para esta sexta (20)

Curitiba, no Paraná, tem previsão de céu claro, temperatura mínima de 3 e máxima de 15º C.

Baixar arquivo
Geral

Nordeste: confira a previsão do tempo para esta sexta (20)

Fortaleza, no Ceará, apresenta nesta sexta-feira (20) céu encoberto com chuvisco pela manhã, passando a encoberto no resto do dia.

Baixar arquivo