Goma do cajueiro tem potencial de identificar impressões digitais

Obtido por meio de processo simples e barato, material é biodegradável

Publicado em 01/03/2021 - 13:52 Por Beatriz Evaristo - Brasília

A identificação de impressões digitais pode ficar mais rápida e mais eficaz. Pesquisadores desenvolveram uma nova tecnologia para revelar essas marcas deixadas em superfícies porosas, como papéis, no local do crime. O produto foi desenvolvido com um componente bastante presente na biodiversidade brasileira, como conta a coautora da pesquisa, Marcela Sampaio.

Sonora: “Ele é produzido praticamente à base de prata e da goma do cajueiro que é extraído da resina que é encontrada na árvore do cajueiro, que é amplamente distribuída principalmente na região Nordeste. Ela exuda naturalmente essa resina que, quando vai ser convertida em goma, tem um bom rendimento, através de um processo simples e barato.”

A pesquisadora Marcela Sampaio, que também é perita criminal da Polícia Civil do Piauí, destaca que, além de ser obtido por meio de um processo barato e simples, o novo revelador é natural e biodegradável.

Sonora: “Então, não vai afetar o meio ambiente quando for descartado e não vai ser tóxico, vai ter uma toxicidade bastante reduzida para os peritos que estiverem trabalhando com esse produto em sua rotina laboral.”

O professor da Faculdade de Medicina da UnB, José Roberto Leite, coordenador do estudo, explica o que acontece quando o papel onde foi deixada a marca dos dedos é embebido no líquido, à base de nanopartícula de prata e goma do cajueiro.

Sonora: “Esse produto se liga nas substâncias deixadas no papel e, depois, com a prata ligado lá, você faz uma revelação dessa imagem e depois pode fotografar e identificar a impressão digital.”

Os testes foram realizados em Teresina e Brasília. Em uma próxima etapa, serão realizados em escalas maiores. O projeto envolveu pesquisadores de diferentes áreas e instituições, entre elas, a Universidade de Brasília, a Universidade Federal do Delta do Parnaíba, no Piauí, e a Universidade do Porto, em Portugal.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

90% dos brasileiros tomariam qualquer vacina contra a covid-19

O dado é da 4ª edição do estudo ‘Os brasileiros, a pandemia de Covid-19 e o consumo’ da CNI, Confederação Nacional da Indústria.

Baixar arquivo
Esportes

Vôlei de praia: Alison e Álvaro avançam para as quartas de final

A dupla Alison e Álvaro Filho venceu os mexicanos Josue Gaxiola e Jose Rubio por 2 sets a 0, com parciais de 21/14 e 21/13. A partida foi realizada no Parque Shiokaze, na capital Tóquio.

Baixar arquivo
Educação

São Paulo tem início da volta às aulas presenciais

As escolas de São Paulo receberam autorização do governo do estado de retorno de 100% das atividades presenciais, caso tenham como comportar capacidade total mantendo o protocolo de segurança.

Baixar arquivo
Educação

Ensino presencial está de volta em escolas no município do Rio

O ensino presencial está de volta em 1.542 unidades. Apenas uma escola na cidade do Rio de Janeiro continua oferecendo somente o ensino remoto porque o prédio está em obras.

Baixar arquivo
Economia

Inflação medida por IPC-S sobe 0,92% em julho, aponta FGV

Com o resultado, divulgado nesta segunda-feira (2), o Índice de Preços ao Consumidor Semanal, da Fundação Getulio Vargas, acumula alta de 8,76% nos últimos 12 meses.

Baixar arquivo
Esportes

Confira os resultados da Série A do Brasileirão do fim de semana

No sábado (31), pela 14ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, São Paulo e Palmeiras empataram em 0 a 0. Internacional e Cuiabá também fizeram o mesmo placar. O Bragantino venceu o Grêmio por 1 a 0.

Baixar arquivo