Projetos científicos de alunos brasileiros vão a feira internacional

Evento é voltado a quem quer seguir carreira em ciência e engenharia

Publicado em 13/04/2021 - 16:45 Por Larissa Louhsrania - Estagiária da Rádio Nacional* - Brasília

Nove projetos de estudantes brasileiros foram escolhidos para representar o país na feira Regeneron Isef destinada a jovens que pretendem seguir carreira no ramo da ciência e engenharia. O evento começa no dia 16 de maio, nos Estados Unidos.

O estudante do Distrito Federal Wanghley Martins, de 18 anos, é um dos selecionados. Ele é aluno do Instituto Federal de Brasília (IFB), e desenvolveu um equipamento simples e de baixo custo que tem a capacidade de fazer um diagnóstico mais rápido do mal de Parkinson - doença neurológica e degenerativa que afeta os movimentos.

A pesquisa foi uma das mais premiadas na Febrace 2021, Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, organizada pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

O destaque no evento rendeu a Wanghley o convite para apresentar o projeto também na Conferência Internacional de Jovens Cientistas na Sérvia, no final de abril.

O jovem pesquisador conta como surgiu o interesse pela ciência e a tecnologia.

“Quando você está dentro de uma pesquisa ou participando de competições, você descobre um gosto, seja pra um hobby, seja para um ramo profissional, como é o meu caso. Foi graças a essa pesquisa que eu decidi, além de tentar bolsas para estudar fora do país na área de ciências da computação, que é o que eu estou trabalhando neste ano, também me especializar na área de engenharia biomédica, sobretudo na área de doenças neurodegenerativas”.

A professora Roseli de Deus Lopes, coordenadora da Febrace, ressalta a importância de as escolas incentivarem os estudantes a buscar mais conhecimento. 

“É muito importante que as escolas incentivem seus estudantes a desenvolverem projetos, porque quando eles fazem projetos de verdade, de pesquisa científica, pesquisa tecnológica, eles se apaixonam pelo conhecimento. Porque eles identificam ali propósito, problemas, questões que eles querem entender, problemas que eles querem resolver, e com isso eles realmente conseguem enxergar um valor muito grande de ir em busca de conhecimento pra colocar esse conhecimento em prática e resolver as questões que eles escolhem”.

Por causa da pandemia de covid-19, a Conferência Internacional de Jovens Cientistas ocorrerá em ambiente virtual.

 

*Com supervisão de Bianca Paiva

Edição: Bianca Paiva/ Sumaia Villela

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Meio Ambiente

Aquecimento global pode gerar aumento de mortes por estresse térmico

Estudo inédito da Fiocruz mostra que é prejudicial para o corpo humano quando há um aumento duradouro de temperatura durante um tempo determinado, como durante ondas de calor. 

Baixar arquivo
Educação

Direito da UFRJ indica Nei Lopes para o título de doutor honoris causa

A concessão do título ao jurista negro havia sido rejeitada na primeira sessão da Congregação da Faculdade de Direito, responsável por avaliar as indicações.

Baixar arquivo
Economia

Guedes se reune para destravar reformas tributárias no Congresso

O ministro da Economia, Paulo Guedes, fez reuniões, nesta quarta-feira, para tentar destravar as reformas tributárias que tramitam no Congresso Nacional. O assunto está entre as prioridades da equipe econômica.

Baixar arquivo
Saúde

Estudo aponta que 2ª dose da AstraZeneca não aumenta risco de trombose

A segunda dose da vacina da AstraZeneca não aumenta a chance de ter a forma rara de trombose identificada em alguns pacientes. O estudo foi feito pela própria AstraZeneca e publicado nessa quarta-feira, pela conceituada revista científica The Lancet.

Baixar arquivo
Saúde

Em rede nacional, Queiroga afirma que 100 milhões já tomaram a 1ª dose

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, também reforçou para que todos que estejam atrasados em tomar a 2ª dose das vacinas que procurem imediatamente um posto de saúde.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Programa Sinal Vermelho contribui no combate a violência doméstica

A partir de agora, as vítimas de violência doméstica vão poder ir até uma repartição pública ou privada participante do programa Sinal Vermelho e mostrar um "X"  em vermelho na palma da mão, de forma silenciosa. Os funcionários da instituição vão encaminhar a vítima ao atendimento especializado.

Baixar arquivo