Projetos científicos de alunos brasileiros vão a feira internacional

Evento é voltado a quem quer seguir carreira em ciência e engenharia

Publicado em 13/04/2021 - 16:45 Por Larissa Louhsrania - Estagiária da Rádio Nacional* - Brasília

Nove projetos de estudantes brasileiros foram escolhidos para representar o país na feira Regeneron Isef destinada a jovens que pretendem seguir carreira no ramo da ciência e engenharia. O evento começa no dia 16 de maio, nos Estados Unidos.

O estudante do Distrito Federal Wanghley Martins, de 18 anos, é um dos selecionados. Ele é aluno do Instituto Federal de Brasília (IFB), e desenvolveu um equipamento simples e de baixo custo que tem a capacidade de fazer um diagnóstico mais rápido do mal de Parkinson - doença neurológica e degenerativa que afeta os movimentos.

A pesquisa foi uma das mais premiadas na Febrace 2021, Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, organizada pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

O destaque no evento rendeu a Wanghley o convite para apresentar o projeto também na Conferência Internacional de Jovens Cientistas na Sérvia, no final de abril.

O jovem pesquisador conta como surgiu o interesse pela ciência e a tecnologia.

“Quando você está dentro de uma pesquisa ou participando de competições, você descobre um gosto, seja pra um hobby, seja para um ramo profissional, como é o meu caso. Foi graças a essa pesquisa que eu decidi, além de tentar bolsas para estudar fora do país na área de ciências da computação, que é o que eu estou trabalhando neste ano, também me especializar na área de engenharia biomédica, sobretudo na área de doenças neurodegenerativas”.

A professora Roseli de Deus Lopes, coordenadora da Febrace, ressalta a importância de as escolas incentivarem os estudantes a buscar mais conhecimento. 

“É muito importante que as escolas incentivem seus estudantes a desenvolverem projetos, porque quando eles fazem projetos de verdade, de pesquisa científica, pesquisa tecnológica, eles se apaixonam pelo conhecimento. Porque eles identificam ali propósito, problemas, questões que eles querem entender, problemas que eles querem resolver, e com isso eles realmente conseguem enxergar um valor muito grande de ir em busca de conhecimento pra colocar esse conhecimento em prática e resolver as questões que eles escolhem”.

Por causa da pandemia de covid-19, a Conferência Internacional de Jovens Cientistas ocorrerá em ambiente virtual.

 

*Com supervisão de Bianca Paiva

Edição: Bianca Paiva/ Sumaia Villela

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Governo restringe entrada de estrangeiros vindos da Índia

Após recomendação da Anvisa, o governo federal proibiu temporariamente a entrada no país de passageiros estrangeiros de voos com origem ou passagem pela Índia, pelo Reino Unido, pela Irlanda do Norte e pela África do Sul.

Baixar arquivo
Geral

Quadro de saúde de Bruno Covas é irreversível, segundo boletim médico

Covas soube que estava com câncer entre o esôfago e o estômago em 2019. Internado desde 02 de maio no hospital Sírio-Libanês, ele está sedado e acompanhado de familiares.

Baixar arquivo
Saúde

Município de Botucatu realiza vacinação em massa

A iniciativa consiste em estudo da vacina produzida pelo laboratório Astrazeneca; e é resultado de parceria entre a Prefeitura, Governo Federal, Unesp, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu e Fundação Gates.

Baixar arquivo
Saúde

Rio de Janeiro tem melhora no risco da pandemia

A região norte saiu da bandeira laranja e passou para a amarela, risco baixo; e a região litorânea foi da laranja para a vermelha. Com as mudanças o estado fica na bandeira laranja, que indica risco moderado.

Baixar arquivo
Política

Corpo de Picciani é cremado em cerimônia no Rio de Janeiro

Jorge Picciani morreu aos 66 anos, na madrugada dessa sexta-feira, no hospital Vila Nova Star, em  São Paulo, onde estava internado desde o dia 8 de abril, para tratar de um câncer na bexiga.

Baixar arquivo
Saúde

Lewandowski concede a Pazuello direito de ficar em silêncio na CPI

A decisão contempla parcialmente o pedido de habeas corpus feito pela Advocacia-Geral da União e inclui o direito a não responder perguntas que possam incriminá-lo em seu depoimento, marcado para a próxima quarta-feira (19).

Baixar arquivo