Reconhecimento facial é usado para embarque na ponte aérea

A tecnologia dispensa apresentação de outro documento de identidade

Publicado em 15/06/2021 - 16:23 Por Eliane Gonçalves, da Rádio Nacional - São Paulo

A identificação por reconhecimento facial começou a ser usada na Ponte Aérea entre o aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e o Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

A tecnologia dispensa a apresentação de qualquer documento de identidade e até mesmo do cartão de embarque.

A engenheira civil Ana Santos foi uma das primeiras a testar o recurso. Bastou ela posicionar o rosto em frente ao leitor de dados biométricos instalado no aeroporto de Congonhas e foi autorizada a seguir viagem para o Rio de Janeiro.

O sistema está sendo desenvolvido pelo Serpro e já foi testado em outros quatro aeroportos. Agora passa a ser adotado nos voos entre as duas maiores cidades do país.

A promessa é agilizar o processo de embarque. As informações biométricas dos passageiros são comparadas com os pontos biométricos da pessoa armazenados em bases de dados do governo, como os da Carteira Nacional de Habilitação, no Denatran, o Departamento Nacional de Trânsito.

O superintendente de relacionamento com o cliente do Serpro, Brenno Sampaio, garante que o sistema é seguro.

Brenno explicou que para usar o sistema é preciso ter um aceite formal do usuário e que a tecnologia segue a Lei Geral de Proteção de Dados.

Mas especialistas em privacidade e segurança de dados, como o diretor da Associação Data Privacy de Pesquisa, Rafael Zanatta, alertam que dados biométricos são valiosos e justamente por isso, outros países estão colocando o pé no freio no uso da biometria como sistema de identficação.

Ele lembra que no último ano os brasileiros foram vítimas de mega-vazamentos de informações, incluindo de bancos de dados do governo, e que tentativas de acesso a dados biométricos por parte dos órgãos de inteligência, como a ABIN, já foram consideradas inconstitucionais pelo STF.

Por enquanto o reconhecimento facial está funcionando em uma única empresa que atua na ponte aérea entre Rio e São Paulo. A promessa é ampliar o sistema para todos os aeroportos do país.

Edição: Leila dos Santos e Luiz Cláudio Ferreira

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Confira o resultado dos jogos dessa terça-feira e agenda dos próximos

Nesta quarta-feira (28), a bola rola solta para a Série B do Brasileirão com Avaí e Remo

Baixar arquivo
Esportes

Brasil sem pódio nos 200m borboleta e no revezamento 4x200m livres

A natação do Brasil disputou duas finais no sexto dia da Olimpíada de Tóquio, mas passou longe do pódio

Baixar arquivo
Esportes

Maria Portela é eliminada após luta longa e arbitragem polêmica

Punida por falta de combatividade, gaúcha ainda teve golpe não marcado.

Baixar arquivo
Política

Inquérito não aponta entrada de estranho em prédio de Joice Hasselmann

A deputada do PSL-SP conta que, no dia 18 de julho, percebeu ferimentos em seu corpo ao acordar, mas que não se lembra do que ocorreu. Polícia Legislativa investiga o caso. 

Baixar arquivo
Saúde

OMS já identificou 13 novas variantes do coronavírus

Quatro delas são consideradas “de preocupação”. Entre elas, a variante Delta, que já foi identificada em 124 países, inclusive no Brasil. Vacinação é crucial para prevenir mortes e casos graves da covid

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Tribunal londrino reabre processo de US$ 7 bi por desastre em Mariana

Processo é movido contra a BHP, parceira da Vale na barragem do Fundão

Baixar arquivo