USP desenvolve processo simples de identificar agrotóxico nas abelhas

Publicado em domingo, 18 Julho, 2021 - 14:48 Por Beatriz Evaristo - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

As abelhas têm papel fundamental para a polinização de frutas e vegetais. Além disso, a produção de mel e seus derivados movimentam o mercado de exportação. Diante de tamanha importância para a alimentação, a preservação da biodiversidade e o comércio, existe uma preocupação com a redução na população desses insetos devido ao uso de agrotóxicos. E para detectar essas substâncias em abelhas e pólen, uma grande quantidade delas precisa ser sacrificada. Mas uma nova técnica desenvolvida no Instituto de Química do Campus São Carlos da Universidade de São Paulo pode reduzir o impacto ambiental como explica a pesquisadora Ana Maria Barbosa Medina. Ela conta que por meio de testes foi reduzirdo o número de abelhas necessárias para identificar os agrotóxicos.

No estudo, a equipe de cientistas fez testes com duas espécies de abelhas: as africanizadas e as nativas jataís. No método convencional, são necessários entre 5 e 15 gramas de abelhas trituradas. O que equivale a morte de 150 unidades no caso das africanizadas.

Com a nova técnica, é possível detectar a presença de agrotóxicos com apenas três abelhas. De acordo com a pesquisadora Ana Maria Barbosa Medina, na análise das nativas jataís, esse número é ainda mais expressivo.

Além disso, em comparação com o método convencional, a técnica da USP utiliza uma quantidade 15 vezes menor de produtos químicos, gerando menos resíduos. A princípio, foi analisada a presença de dois agrotóxicos: o imidacloprida e o tiametoxam. Em uma próxima etapa, o método será testado com outros tipos de inseticidas e, também, outras espécies de abelhas.

Edição: Ana Lúcia Caldas / Beatriz Arcoverde

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Política

Inquérito não aponta entrada de estranho em prédio de Joice Hasselmann

A deputada do PSL-SP conta que, no dia 18 de julho, percebeu ferimentos em seu corpo ao acordar, mas que não se lembra do que ocorreu. Polícia Legislativa investiga o caso. 

Baixar arquivo
Saúde

OMS já identificou 13 novas variantes do coronavírus

Quatro delas são consideradas “de preocupação”. Entre elas, a variante Delta, que já foi identificada em 124 países, inclusive no Brasil. Vacinação é crucial para prevenir mortes e casos graves da covid

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Tribunal londrino reabre processo de US$ 7 bi por desastre em Mariana

Processo é movido contra a BHP, parceira da Vale na barragem do Fundão

Baixar arquivo
Saúde

Anvisa suspende autorização de importação da vacina Covaxin

Os diretores da Anvisa decidiram, por unanimidade, suspender a autorização excepcional e temporária para importação e distribuição da vacina Covaxin. O pedido tinha sido feito pelo Ministério da Saúde e autorizado no dia 4 de junho, mas a importação não chegou a ocorrer.

Baixar arquivo
Geral

Decreto cria Sipef - Sistema de Integridade Pública do Poder Executivo

O Sipef, Sistema de Integridade Pública do Poder Executivo Federal vai coordenar e articular as atividades de combate à corrupção no âmbito do Poder Executivo federal. E também estabelecer padrões de medidas que devem ser usados pela administração pública

Baixar arquivo
Cultura

Morre o ator Orlando Drummond aos 101 anos

O ator, humorista e dublador carioca, fez sucesso no rádio e com sua voz marcante dublou personagens inesquecíveis de desenhos animados, como o cachorro Scooby Doo e o marinheiro Popeye.

Baixar arquivo