Em live, Bolsonaro diz que é contra privatizar Caixa e Banco do Brasil

Presidente também comentou decisão do STF sobre Sergio Moro

Publicado em quinta-feira, 17 Setembro, 2020 - 21:53 Por Victor Ribeiro - Brasília

O presidente Jair Bolsonaro comentou nesta quinta-feira (17) a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello de suspender um inquérito que apura as declarações do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro. A investigação apura falas de Moro sobre uma suposta tentativa de Bolsonaro interferir na Polícia Federal. O inquérito foi aberto a pedido da Procuradoria-Geral da República, para saber se o ex-ministro disse a verdade.

Nesta quinta, Marco Aurélio deixou para o plenário do Supremo decidir se, no caso de Jair Bolsonaro precisar prestar depoimento, isso pode ser feito por escrito.

Até o fechamento da reportagem, a defesa de Sergio Moro não havia se pronunciado sobre a decisão de Marco Aurélio, e a sessão plenária que vai decidir sobre o depoimento do presidente ainda não tem data marcada.

Bolsonaro também falou sobre a retomada das aulas nas escolas públicas. O presidente disse que procurou o ministro da Educação, Milton Ribeiro.

As declarações ocorreram durante uma transmissão ao vivo feita pelas redes sociais. Jair Bolsonaro convidou o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, que apresentou um balanço dos pagamentos do auxílio emergencial. Guimarães disse que, até o fim do ano, o governo deve destinar cerca de R$ 250 bilhões ao pagamento do benefício, sendo que R$ 197 já foram repassados aos beneficiários.

Pedro Guimarães e Jair Bolsonaro destacaram o papel social cumprido pela Caixa e pelo Banco do Brasil.

Jair Bolsonaro anunciou que o presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, deve deixar a instituição em breve. De acordo com ele, a iniciativa foi de Novaes, que pretende passar mais tempo com a família.

Nesta sexta-feira, Bolsonaro vai às cidades de Sinop e Sorriso, em Mato Grosso. O objetivo é entregar cerca de 1,7 mil títulos de posse a produtores rurais que vivem na região há 30 anos.

Edição: Ana Pimenta

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Segurança

Polícia Civil do Rio faz reconstituição da morte do menino João Pedro

Ele foi morto em maio, durante operação no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. O pai esteve na ação de reprodução simulada e cobrou justiça pela morte prematura do filho, que tinha apenas 14 anos.

Baixar arquivo
Geral

Hospital federal que pegou fogo no Rio suspende atendimentos

Estão suspensos por tempo indeterminado todos os atendimentos no Hospital Federal de Bonsucesso, um dos mais importantes da rede pública do Rio, que foi atingido por um incêndio terça-feira (27). Segundo profissionais do hospital, as equipes tentam entrar em contato com pacien

Baixar arquivo
Saúde

Guedes nega que haja intenção de privatizar o SUS

Ao participar hoje (29) de reunião da Comissão Mista da Covid-19 do Congresso Nacional, o ministro da Economia negou intenção de privatizar o SUS, o Sistema Único de Saúde, e defendeu o uso de vouchers, uma espécie de ticket ou vale, para a população usar em serviços privados.

Baixar arquivo
Eleições 2020

Candidatas já podem baixar cartilha de segurança nas redes sociais

O guia, com dicas para as eleições, foi lançado pelo TSE e o Instagram. O objetivo é proteger as mulheres na política das agressões virtuais e traz dicas contra ações de hackers, de como restringir usuários e fazer denúncias de ataques à plataforma.

 

Baixar arquivo
Saúde

Hemorio faz campanha para aumentar doações de sangue

Estoques tiveram queda de 10% em outubro em relação a 2019. O Hemorio registrou o menor número de voluntários por dia desde o início da pandemia, levando a decretar o alerta vermelho.

Baixar arquivo
Economia

FGV: índice usado no reajuste do aluguel tem alta de 3,23% em outubro

Alta é menor que a de setembro (4,34%) devido à redução dos preços ao produtor, que compõe também o IGP-M. Já os componentes que medem preços ao consumidor e da construção civil tiveram aceleração.

Baixar arquivo