Justiça determina bloqueio de bens de João Doria

Publicado em terça-feira, 20 Outubro, 2020 - 20:11 Por Eliane Gonçalves - São Paulo

A Justiça determinou o bloqueio de R$ 29 milhões em bens do governador de São Paulo, João Doria. Doria é acusado de ter usado recursos da prefeitura da capital paulista para se autopromover.

A decisão do bloqueio de bens é do juiz da 14ª Vara de Fazenda Pública, Randolfo Ferraz, que acatou a denúncia do Ministério Público do estado. Doria teria usado recursos do programa Asfalto Novo para custear propaganda irregular.

O programa de recapeamento de ruas públicas foi executado entre os meses de novembro de 2017 e março de 2018, quando Doria era prefeito da capital paulista.

Segundo o Ministério Público, só em Dezembro de 2017, o programa destinou R$ 12 milhões para asfalto, e R$ 14 milhões para publicidade. No dia 6 de abril, Doria deixou a prefeitura para concorrer ao governo do estado.

Além do bloqueio dos bens, Doria vai responder por improbidade administrativa.

Pelo Twitter, o governador de São Paulo classificou a decisão que determinou o bloqueio de bens como "descabida", e disse que vai recorrer.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Direitos Humanos

Começa a Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente

Proteger de forma integral crianças e adolescentes, garantindo a diversidade e o enfrentamento à violência: esse é o tema da 11º Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. O evento vai até o dia 10 de dezembro, e tem transmissão aberta nas redes sociais do Conanda.

Baixar arquivo
Justiça

STF decide que data de concurso pode ser alterada por motivo religioso

Após três sessões de julgamento, por 7 votos a 4, a Corte entendeu que as provas podem ser remarcadas para outra data que não conste no edital, desde que a mudança não cause prejuízos para a administração pública e à preservação da igualdade na seleção dos candidatos.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Prefeitura do Rio terá que criar repúblicas para jovens não adotados

Decisão é resultado de uma ação da Defensoria Pública do estado. Medida vai contemplar jovens que alcançam a maioridade antes de serem adotados ou não têm mais vínculo com suas famílias

Baixar arquivo
Geral

Itaí, cidade de 39 das 41 vítimas de acidente em SP, tem luto coletivo

O velório das vítimas, a maioria jovem, foi coletivo e ocupou dois ginásios de esportes. Cada família teve em média duas horas para se despedir das vítimas. Os sepultamentos duraram a madrugada inteira e terminaram na tarde dessa quinta-feira.

Baixar arquivo
Economia

Bolsonaro comemora criação de empregos apesar da pandemia

O presidente Jair Bolsonaro disse estar otimista para fechar o ano no positivo em relação à criação de empregos formais.

Baixar arquivo