Governo federal critica quebra de patentes de vacinas contra covid-19

Publicado em 08/04/2021 - 14:56 Por Lucas Pordeus Leon, Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Representantes do governo federal criticaram os projetos de lei que preveem a quebra de patentes das vacinas contra a covid-19, sob o argumento de colocar em risco os atuais contratos para aquisição das doses. Por outro lado, parlamentares e organizações da sociedade defenderam a quebra das patentes como forma de ampliar a fabricação dos imunizantes no Brasil, já que suspende os direitos intelectuais e industriais das farmacêuticas.

Esse debate ocorreu no plenário da Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira, conduzido pelo presidente da Comissão das Relações Exteriores da Casa, o deputado Aécio Neves, do PSDB de Minas. Aécio citou a proposta da Índia e da África do Sul apresentada na Organização Mundial do Comércio a favor da quebra temporária das patentes das vacinas contra o novo coronavírus. A proposta tem o apoio de mais de 100 países, mas é rejeitada pelos Estados Unidos, países da União Europeia, como Suíça e Noruega, Japão, além do Brasil.

O secretário do Ministério das Relações Exteriores, Sarquis José, ponderou que a quebra de patentes não tem efeitos de curto prazo e traz riscos ao país. O representante da Organização Mundial de Propriedade Intelectual no Brasil, José Graça Aranha, também se manifestou contrário à quebra das patentes.

Por outro lado, representantes da Fundação Oswaldo Cruz, do Conselho Nacional de Saúde e da Organização Médicos Sem Fronteiras defenderam a quebra das patentes. A professora de direito da Fundação Getúlio Vargas argumentou que, no atual cenário da pandemia, a Constituição brasileira exige a quebra das patentes.

Nessa quarta-feira, a pedido dos líderes do governo no Legislativo, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, retirou da pauta de votações um projeto de lei que permite a quebra de patentes de vacinas contra a covid-19, O relator da proposta, senador Nelsinho Trad, do PSD de Mato Grosso do Sul, também pediu mais tempo para analisar o projeto. O presidente do Senado ao acatar o pedido prometeu, por outro lado, que a proposta voltaria à pauta na próxima semana. 

Edição: Beatriz Arcoverde/ Leila Santos

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Flamengo vence Palmeiras nos pênaltis e é bicampeão da Supercopa

O atual campeão brasileiro Flamengo venceu neste domingo (11) o Palmeiras, atual campeão da Copa do Brasil, pelo placar de 6 a 5, nos pênaltis.

Baixar arquivo
Política

Agenda da semana tem CPI da Covid-19 e nova Lei da Segurança Nacional

A CPI da Covid-19; um projeto para revogar decretos presidenciais que ampliaram o acesso a armas e munições; e uma proposta para substituir a atual Lei de Segurança Nacional estão entre os temas desta semana no Congresso.

Baixar arquivo
Justiça

STF deve julgar instalação da CPI da Covid-19 na quarta (14)

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, antecipou para esta quarta-feira (14) o julgamento em plenário sobre a instalação da CPI da Covid-19 no Senado Federal.

Baixar arquivo
Política

Munhoz de Melo (PR) realiza eleição neste domingo

Os pouco mais de 3,3 mil eleitores da cidade da região Norte Central paranaense terão que escolher um novo prefeito e vice-prefeito apenas cinco meses após a eleição municipal de 2020.

Baixar arquivo
Geral

Projeto de assentamento vai beneficiar 170 famílias em Anapu, no Pará

De acordo com o Incra, o planejamento para o processo de seleção acontece ainda no primeiro semestre de 2021. 

 

Baixar arquivo
Esportes

Uma montanha de recicláveis para chegar ao topo do Everest

Conheça a história da educadora física Aretha Duarte, que pode ser a primeira brasileira negra a chegar ao pico mais alto do planeta - e que conseguiu o dinheiro para essa empreitada juntando material reciclável.

Baixar arquivo