CPI aprova requerimento para ouvir Wilson Witzel em reunião secreta

Ex-governador pediu para esclarecer alguns fatos de forma privada

Publicado em 23/06/2021 - 16:30 Por Leandro Martins - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

A CPI da Pandemia no Senado aprovou, nesta quarta-feira (23), requerimento de convocação para ouvir, em reunião secreta, o ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel. Ele já depôs na semana passada, mas pediu para esclarecer alguns fatos de forma privada.

Senadores governistas questionaram a validade do depoimento em sessão secreta e criticaram a resistência do colegiado em aprovar uma audiência com representantes do Consórcio Nordeste que, segundo eles, teriam desviado verbas. 

O senador Marcos Rogério, do DEM de Rondônia, disse que quer esclarecer todos os fatos e afirmou que os suspeitos devem ser ouvidos.

A CPI também aprovou a convocação e quebra de sigilo do tenente-coronel Alex Lial Marinho, ex-coordenador-geral de Aquisições de Insumos Estratégicos para Saúde do Ministério da Saúde. Será convocada ainda Thais Amaral Moura, assessora especial da Presidência da República. Segundo o relator da Comissão, senador Renan Calheiros, do DEM, o objetivo é apurar a compra da vacina indiana Covaxin pelo governo brasileiro.

Depois de vários pedidos de requerimentos para novos depoentes, o vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues, da Rede, afirmou que será necessário prorrogar a comissão e, para isso, ele quer começar a colher assinaturas nesta quinta-feira (24).

O depoimento previsto para esta quarta era do sócio-administrador do laboratório Precisa, Francisco Emerson Maximiano, mas foi adiado. Ele alegou estar em quarentena após uma viagem à Índia. Segundo o presidente da CPI, Omar Aziz, o empresário deve ser ouvido na semana que vem.

Nesta quinta-feira, os senadores ouvem o chefe da Assessoria Internacional da Presidência da República, Filipe Garcia Martins. E na sexta (25), a Comissão vai receber o deputado Luís Miranda, do DEM do Distrito Federal, e o irmão dele Luís Ricardo Miranda, chefe da Divisão de Importação do Ministério da Saúde. Eles também devem prestar esclarecimento sobre a denúncia de supostas irregularidades na compra da vacina indiana Covaxin.

Edição: Bianca Paiva/ Renata Batista

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Política

Airton Cascavel nega participação em negociações de compra de vacinas

A CPI da Pandemia ouviu, nesta quinta-feira, o ex-assessor do Ministério da Saúde, Airton Soligo, conhecido como Airton Cascavel. Ele explicou que sua função era dialogar com governadores e prefeitos e negou que tenha participado de negociações sobre compra de vacinas.

Baixar arquivo
Política

Bolsonaro confirma Bruno Bianco como futuro ministro da AGU

O presidente Jair Bolsonaro confirmou, nesta quinta-feira, que Bruno Bianco será o novo ministro da AGU, a Advocacia-Geral da União.

Baixar arquivo
Cultura

Exposição no Rio reflete sobre futuro das cidades

A vida nas grandes cidades é o tema da exposição “Futuros Urbanos”, que acontece no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Rio: Metrô faz ação de prevenção e combate à violência contra mulher

Os 15 anos da Lei Maria da Penha serão lembrados com rondas, até o próximo sábado (7), dentro dos vagões femininos, para atendimento e orientação às passageiras.

Baixar arquivo
Esportes

Paralimpíada: parte da delegação brasileira embarca para disputa

Na madrugada desta quinta-feira (5), as seleções paralímpicas de natação, tênis de mesa, halterofilismo e goalball, além de membros das comissões técnicas, médica e administrativa, embarcaram rumo a sede dos Jogos.

Baixar arquivo
Esportes

Copa do Brasil: Flamengo faz jogo de volta contra ABC, em Natal

O técnico Renato Gaúcho, Gabigol e os principais jogadores do Flamengo não viajaram para Natal, onde o rubro-negro enfrenta nesta quinta-feira (5), às 21h30, o ABC pela Copa do Brasil.

Baixar arquivo