Assassino de Chico Mendes deixa diretório do Partido Liberal no Pará

Publicado em 28/02/2024 - 16:44 Por Madson Euler - repórter da Rádio Nacional - São Luís

Pouco mais de um mês depois de assumir a presidência do Partido Liberal em Medicilândia, no Pará, Darci Alves Pereira, condenado pela morte do ambientalista Chico Mendes, deixa o cargo.

O presidente estadual do partido no Pará, deputado federal Éder Mauro, informou, por meio de nota, que a vereadora e pré-candidata à prefeitura de Medicilância, Valdilene Lambert, deve assumir a presidência do PL na cidade.

A destituição de Darci Alves da presidência do diretório municipal do PL em Medicilândia, no oeste do Pará, aconteceu após recomendação de Valdemar Costa Neto, presidente nacional do Partido Liberal.

Na nota, Costa Neto agradece a imprensa, que segundo ele trouxe a informação, que não era de conhecimento do partido.

Darci é réu confesso e foi condenado em 1990, juntamente com seu pai, Darly Alves da Silva, a 19 anos de prisão pelo assassinato do ambientalista e seringueiro Chico Mendes. Ele passou a residir em Medicilândia após cumprir parte da pena pelo assassinato do líder sindicalista e atualmente é conhecido como Pastor Daniel, onde atua na Igreja Assembleia de Deus Missionários da Última Hora.

A certidão da Justiça Eleitoral mostra que o partido indicou Darci, em 2023, e que ele vinha exercendo a função desde novembro do ano passado. No último dia 26 de janeiro, ele tomou posse do cargo. Darci também se apresenta como pré-candidato a vereador nas próximas eleições municipais em Medicilândia.

 

Edição: Sâmia Mendes / Liliane Farias

Últimas notícias
Educação

Brasil ganha Mundial de Robótica em Houston, nos Estados Unidos

O primeiro lugar na categoria de 9 a 16 anos foi conquistado pela equipe Los Atômicos, de Araras (SP). A segunda colocação ficou com outra equipe do interior paulista, de Santa Cruz do Rio Pardo.

Baixar arquivo
Saúde

Aumenta o número de casos de bronquiolite no Rio de Janeiro

A bronquiolite é uma condição clínica causada pela inflamação dos bronquíolos e das vias aéreas inferiores que levam oxigênio para os pulmões.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Acampamento Terra Livre completa 20 anos e exige demarcação de terras

O foco da programação deste ano é a reafirmação da luta indígena contra a lei do marco temporal. Além disso, há uma crítica quanto à demora na demarcação de novas terras. A expectativa era que o governo demarcasse 14 áreas, nos primeiros 100 dias de gestão. Mas, em um ano e quatro meses, foram apenas dez.

Baixar arquivo
Geral

Abono anual do INSS começa a ser pago a beneficiários

O INSS começa a pagar, nesta semana, o abono anual aos beneficiários da Previdência Social. 

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Brasil registra recorde de conflitos no campo, mas assassinatos caem

Relatório da Comissão Pastoral da Terra com os dados de 2023 foi divulgado hoje (22) e mostra que 60% dos conflitos são causados por empresários, fazendeiros e grileiros. A omissão do estado contribuiu com 22% das violências ocorridas.  

Baixar arquivo
Geral

Empresa eólica é condenada a pagar indenização a morador do RN

Empresa dona de parque eólico no interior do Rio Grande do Norte é condenada a pagar indenização de R$ 50 mil por danos morais para um morador da região de Serra de Santana, a cerca de 200 km da capital do Estado, Natal.

Baixar arquivo