Porto Velho está em alto risco para doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti

Arboviroses

Publicado em 06/02/2020 - 22:47 Por Gésio Passos - Brasília

A prefeitura de Porto Velho divulgou que a cidade está em alto risco para as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti: dengue, febre amarela, chikungunya e a zika.

 

Os dez bairros com maior índice de infestação do mosquito Aedes são: Panair, Jardim Santana, Arigolândia, Planalto, Marcos Freire, São Sebastião, Aeroclube, São Francisco, Novo Horizonte e Socialista.

 

A prefeitura afirmou que está realizando ações de prevenções imediatas, como vistas nas residências e ações de conscientização da população.

 

A água parada no lixo ainda é o principal criadouro dos mosquitos. A Secretaria de Saúde de Porto Velho pede a colaboração da população para acabar com água parada em recipientes plásticos, garrafas, latas, sucatas, entulhos, pneus e em qualquer lugar que possa depositar água parada.

Últimas notícias
Política

Governo estuda propor PEC para reduzir preços de combustíveis

Com a mudança constitucional, o governo não seria obrigado a compensar a redução dos impostos sobre combustíveis com a elevação de outros tributos, como determina a Lei de Responsabilidade Fiscal. 

Baixar arquivo
Educação

Enem 2022 deve ocorrer dias 13 e 20 de novembro

As provas do ENEM 2022 - o Exame Nacional do Ensino Médio - devem acontecer nos dias 13 e 20 de novembro.

Baixar arquivo
Economia

Paulo Guedes diz que PIB deve crescer em 2022

A declaração do ministro foi feita durante a participação dele no Fórum Econômico Mundial, que acontece em Genebra, na Suíça, no painel sobre as Perspectivas Econômicas Globais.

Baixar arquivo
Esportes

Desafio do técnico do Cortinthias é armar meio-campo

Sylvinho descarta Paulinho como 1º volante e vê pressão como natural. Técnico do Corinthians crê que protagonistas do time podem atuar juntos.

Baixar arquivo
Política

Olinda Bolsonaro, mãe do presidente da República, morre aos 94 anos

Após a morte da mãe, na madrugada desta sexta-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro (PL) cancelou compromissos em viagem à Guiana – país que faz fronteira com a região Norte do Brasil – e retornou ao país.

Baixar arquivo
Geral

Covid: Na Bahia servidores são afastados por não comprovarem vacinação

O governo da Bahia publicou no Diário Oficial as portarias que orientam o afastamento temporário de 283 servidores de 13 órgãos e secretarias do estado, por não comprovarem a vacinação contra a covid-19.

Baixar arquivo