Estrangeiros não poderão entrar no Brasil nos próximos 30 dias; proibição começou em março

Medidas contra a Covid-19

Publicado em 01/07/2020 - 15:38 Por Dayana Vitor - Brasília

Pelos próximos 30 dias, os estrangeiros de qualquer país não podem entrar no Brasil por qualquer acesso, seja terrestre, aéreo ou pelo mar. Eles já estavam proibidos de ingressar no país desde março, quando foi editada a primeira portaria sobre o assunto. Esse prazo foi prorrogado algumas vezes. Agora, novamente estendido para julho. O novo documento interministerial com a mais recente proibição foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (1º).

 

O texto foi assinado pelos ministros da Justiça André Mendonça; da Casa Civil, Braga Netto; da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e da Saúde, Eduardo Pazuello. A medida segue recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, devido aos riscos de disseminação da Covid-19.

 

Mas apesar da proibição de entrada dos estrangeiros no Brasil durante o mês de julho, existem algumas exceções previstas na portaria. Entre elas, pessoas de outros países poderão entrar no Brasil para exercer atividades artísticas, de esportes, negócios, em viagens de curta duração, sem a intenção de estabelecer residência.

 

Ainda poderão ingressar e permanecer no Brasil, os estrangeiros que possuam visto e venham ao país com a intenção de estabelecer residência por tempo determinado para trabalhar em pesquisa, ensino ou extensão acadêmica, estudo, trabalho, investimento, ou reunião familiar.

 

Os poucos estrangeiros que poderão entrar no Brasil deverão chegar pelos aeroportos de Guarulhos e Viracopos, em São Paulo e Campinas, Galeão no Rio de Janeiro, e Juscelino Kubitschek em Brasília. Todos serão obrigados a apresentar, antes do embarque, declaração médica que ateste não estar infectado pela Covid-19.

Últimas notícias
Geral

Ministro de Minas e Energia descarta risco de apagão no país

Bento Albuquerque disse que o país atravessa a pior crise hídrica dos últimos 90 anos, com falta de chuvas nos principais reservatórios, mas setor elétrico soube trabalhar para superar o problema.

Baixar arquivo
Saúde

Cidades de São Paulo cancelam carnaval de 2022

São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e Santo André decidiram cancelar o carnaval do ano que vem com receio do aumento de casos da variante Ômicron. 

Baixar arquivo
Economia

Fecomércio lamenta cancelamento do Réveillon no Rio de Janeiro

O presidente da Fecomércio reconheceu a importância do evento para setores fundamentais da economia, mas admitiu os riscos que a nova variante do coronavírus representariam em uma celebração desse porte.

Baixar arquivo
Saúde

Festa de Réveillon em Copacabana, no Rio de Janeiro, é cancelada

O fator predominante para cancelar o evento é o risco que representaria, diante do avanço em vários países da nova variante do coronavírus. A Ômicron já tem casos confirmados também no Brasil, por enquanto em pessoas que chegaram do exterior.

Baixar arquivo
Cultura

Bienal do Livro festeja reencontro de autores e público

Este ano, a festa literária faz homenagem a Zuenir Ventura. Na programação do fim de semana, debates sobre juventude, poesia, sustentabilidade, cultura geek e pop, saúde mental, e tendências do mercado literário.

Baixar arquivo
Cultura

Orquestra Maré do Amanhã se apresenta no Jardim Botânico

Criado em agosto de 2010, o projeto Orquestra Maré do Amanhã leva música clássica a crianças e adolescentes, moradores do Complexo de Favelas, considerado um dos maiores da zona norte carioca. 

Baixar arquivo