Ministério Público do RJ investiga fraude em hospital de campanha

Publicado em 18/09/2020 - 17:11 Por Tâmara Freire - Rio de Janeiro

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro instaurou um inquérito civil a respeito da utilização do Hospital Modular de Nova Iguaçu, construído para atender pacientes de covid-19, mas que nunca chegou a ser aberto.
O governo do estado investiu R$ 62 milhões na unidade, que foi concluída em julho, com espaço para 300 leitos, incluindo 120 de UTI. No entanto, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, há, no momento, apenas 100 leitos equipados.
Além de ter sido construído como parte da estratégia de combate à pandemia de coronavírus, o hospital foi anunciado como um legado desses investimentos, já que poderia integrar a rede de saúde estadual após a pandemia.
Outra possibilidade apresentada pelo governo foi a desmontagem do hospital para o reaproveitamento da estrutura na montagem de outras unidades.
Por enquanto, a secretaria diz que o local está sendo mantido de retaguarda para os pacientes de covid-19 caso seja necessário, e depois dará suporte aos hospitais de alta complexidade da Baixada Fluminense.
Para isso, o governo diz que está negociando um acordo com o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Baixada Fluminense para contratar profissionais.
Como parte do inquérito, o Ministério Público enviou um ofício à Secretaria Estadual de Saúde questionando qual a previsão de inauguração da unidade, ou qual destino será dado a ela, e se existe algum plano para sua utilização definitiva após a inauguração.
Além disso, o MP quer saber também se a unidade continuará sob gestão estadual, ou se será repassada à prefeitura de Nova Iguaçu. O hospital modular é uma das oito unidades anunciadas pelo governo do estado para o atendimento aos pacientes de covid-19. No entanto, apenas seis foram concluídas, e dessas, somente duas de fato receberam pacientes. As unidades estão no centro das denúncias de fraudes e desvios de verbas que levaram à prisão de diversos gestores da saúde e à abertura do processo de impeachment contra o governador afastado Wilson Witzel.

A crise também motivou diversas trocas no comando da Secretaria de Saúde, incluindo a do atual secretário Alex Bousquet, que anunciou esta semana que também vai entregar o cargo.
 

Edição: Ana Pimenta

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Rebeca Andrade conquista medalha inédita na ginástica artística

A paulista Rebeca Andrade, de 22 anos, entrou para a história da ginástica artística do Brasil ao conquistar a prata nos Jogos de Tóquio, a primeira medalha olímpica feminina do país na modalidade.

Baixar arquivo
Saúde

Ministério da Saúde vai receber mais lotes de vacinas contra covid-19

Dois voos vindos dos Estados Unidos vão desembarcar no aeroporto de Viracopos, em Campinas, com quase 1,9 milhão de doses da Pfizer.

Baixar arquivo
Economia

1,5 milhão de empregos foram criados no primeiro semestre de 2021

Os dados são do CAGED, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, que foram divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério da Economia. No mês de junho foram criados 309 mil empregos formais.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Rio monta plano emergencial para proteger população de rua do frio

Com cerca de 7 mil pessoas vivendo em situação de vulnerabilidade social nas ruas da cidade a Secretaria Municipal de Assistência Social montou um plano emergencial para proteger essa população nesse período de frio intenso no Rio.

Baixar arquivo
Geral

Cidades da região Sul têm neve e temperaturas negativas

Neve. Chuva. Temperaturas negativas. Teve tudo isso na noite dessa quarta-feira (28), em algumas cidades do sul do país. A neve fez a alegria de turistas e moradores de Gramado e Canela, na Serra Gaúcha. E não foi pouca neve não: o gelo se acumulou nas ruas e em cima de carros e telhados. 

Baixar arquivo
Saúde

Saúde inicia estudo sobre 3ª dose em quem se vacinou com Coronavac

Também será analisado uso da terceira dose com diferentes imunizantes, de outras farmacêuticas – no caso Jassen, Pfizer e Astrazeneca.

Baixar arquivo