Butantan amplia número de voluntários para testar CoronaVac

Total passou de 9 mil para 13 mil; Instituto abriu novas inscrições

Publicado em segunda-feira, 26 Outubro, 2020 - 20:00 Por Renata Martins - Brasília

Profissionais de saúde, incluindo idosos com mais de 60 anos ou que já tiveram covid-19, podem se inscrever para participar dos testes da CoronaVac – a vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech.

Não foi só o perfil que foi ampliado. O número de voluntários da CoronaVac também aumentou. Passou de 9 mil para 13 mil.

O Secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, explica que no primeiro momento a pesquisa precisa que 61 voluntários do grupo que recebeu o placebo testem positivo para a covid-19. Depois, será necessário chegar a 156 infectados. Gorinchteyn destaca que, com a redução dos casos da covid-19 no país, essa meta ficou mais difícil de ser alcançada, por isso foi necessário incluir mais voluntários.

Além de São Paulo, a vacina desenvolvida pela Sinovac é testada em mais sete estados e no Distrito Federal. 

No DF, por exemplo, a meta é vacinar 852 pessoas. Setecentos profissionais de saúde já foram incluídos. Ainda há vaga para quem se interessa em ser um voluntário. Para participar, é preciso preencher formulário on-line no site do Instituto Butantan, que coordena o estudo no Brasil.

A vacina de Oxford, com estudos no Brasil conduzidos pela Fiocruz, também ampliou o número de pessoas na pesquisa. O estudo começou com 5 mil voluntários, mas esse número foi ampliado para 10 mil.

Quem aceita participar da pesquisa se compromete a ser acompanhado por um período de um ano.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Segurança

Operação combate exploração sexual infantil em Búzios

Denúncia da Interpol levou a Polícia Federal à cidade na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. Homem é acusado de distribuir pela internet arquivos com cenas de abuso de crianças 

Baixar arquivo
Educação

Universidades federais devem retomar aulas presenciais em janeiro

É o que determina portaria publicada nesta quarta-feira pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro. Com a retomada das aulas presenciais, os recursos digitais utilizados durante o ensino remoto devem ser aplicados apenas de forma complementar e excepcional. O Andes, Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior, se posicionou contra o decreto.

Baixar arquivo
Educação

Metade dos professores de inglês da rede pública não tem formação

Dado consta de pesquisa do Observatório para o Ensino da Língua Inglesa no Brasil, do British Council. O estudo apontou também que há sobrecarga de trabalho e uma grande ocorrência de contratos temporários entre os professores da rede pública estadual.

Baixar arquivo
Geral

Grupo que extorquia mototaxistas no Rio de Janeiro é alvo de operação

Uma quadrilha que extorquia mototaxistas no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, foi alvo da Polícia Militar e do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (2).  Durante a operação,  denominada Mototáxi, os  agentes apreenderam sete cel

Baixar arquivo
Segurança

Grupo criminoso que agiu em Cametá (PA) não levou dinheiro de agência

O governador Helder Barbalho esteve hoje em Cametá e disse que as forças de segurança, agora, trabalham com a possibilidade de que os bandidos atuem em outras cidades, com o intuito de executar a tarefa de roubar valores. Ao tentar roubar uma agência do Banco do Brasil, o grupo levou terror à cidade paraense que é localizada perto da Ilha de Marajó, matando uma pessoa.

 

Baixar arquivo
Educação

Boas práticas adotadas em escolas são premiadas em Roraima

As escolas precisaram se adaptar e inovar durante a pandemia do novo coronavírus para manter o ensino e a frequência dos alunos.

Baixar arquivo