Dia D de Multivacinação teve 40 mil postos de saúde mobilizados

Alvo da campanha foram crianças e adolescentes

Publicado em sábado, 17 Outubro, 2020 - 23:52 Por Fabiana Sampaio - Rio de Janeiro

Mais de 40 mil postos e unidades de saúde em todo o país estão mobilizados no “Dia D de Multivacinanção” de crianças e adolescentes menores de 15 anos. Ações foram intensificadas para conscientizar pais e responsáveis sobre a importância em manter o calendário vacinal dos brasileirinhos em dia.

Segundo o Ministério da Saúde, nos últimos anos, vem se observando diminuição na cobertura vacinal no país.

Iniciada no último dia 5, a campanha atualiza a caderneta de vacinação de menores de 15 anos contra doenças como: sarampo, febre amarela, rubéola, caxumba, hepatites A e B e também contra a Poliometie.

Durante a campanha que, vai até o dia 30 deste mês, serão ofertadas todas as vacinas do calendário nacional de vacinação da criança e do adolescente, que, atualmente, conta com 18 imunizantes.
Com a campanha, o Ministério da Saúde também quer reforçar o compromisso internacional de manter o país livre da poliomelite.

Também conhecida como paralisia infantil, a doença contagiosa aguda é causada pelo poliovírus, podendo infectar crianças e adultos através do contato direto com as fezes ou com secreções expelidas pela boca de pessoas infectadas.

O adolescente Davi Guilherme Duran Lucas, de 14 anos, conta que acha super tranquilo se vacinar e já sabe muito bem porque essa medida é importante.

A artesã Geane Araújo segue à risca a programação da caderneta da filha de 1 ano e 2 meses, que foi vacinada na última quinta-feira (15).

Outra questão importante lembrada por Geane é que a unidade estava seguindo recomendações para evitar o contágio do coronavírus.

No estado do Rio de Janeiro, o Dia D mobiliza cerca de 11 mil profissionais nos 92 municípios, em mais de 1500 unidades. O porta-voz da Secretaria de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe, reforça que o país vive um grande desafio atualmente para melhorar a cobertura vacinal.

Em 2019, o Brasil contabilizou 7 milhões e 700 mil crianças e adolescentes menores de 15 anos não vacinados contra a febre amarela. Já a hepatite B, na mesma faixa etária, contabilizou mais de 24 milhões de não vacinados.

Em adolescentes de 11 e 12 anos, o número de não vacinados foi de mais de 4 milhões para a vacina meningocócica. E somente 73% das meninas com idade entre 9 e 15 anos tomaram a primeira dose da vacina contra o HPV.

O número é ainda menor na segunda dose, apenas 46% foram imunizadas. Entre os meninos os percentuais são ainda mais baixos: apenas 36% tomaram a primeira dose e 19%, a segunda.

 

* Produção: Monyke Castilho

 

Edição: Lana Cristina

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Obesidade afeta um em cada quatro brasileiros, revela IBGE

Os dados fazem parte do volume dois da PNS-Pesquisa Nacional de Saúde referente a 2019, divulgada nesta quarta-feira (21) pelo IBGE. A coleta de informações foi feita entre agosto de 2019 e março deste ano.

Baixar arquivo
Política

Sabatina de Kassio Nunes na CCJ pode durar até 10 horas, diz Tebet

Em seguida, a indicação é votada no plenário do Senado. Neste caso, são necessários para aprovação, ao menos, 41 dos 81 votos dos senadores. Se conseguir os votos, Kassio Nunes Marques vai ocupar a vaga deixada por Celso de Mello, que se aposentou neste mês.

Baixar arquivo
Política

Licença de Chico Rodrigues não altera processo, diz Campos

O Senador por Roraima, Chico Rodrigues, do Democratas, pediu afastamento do cargo por 121 dias, sem direito a receber salário. No pedido inicial, encaminhado à mesa do Senado ele havia solicitado uma licença de 90 dias.

Baixar arquivo
Geral

Praia da Reserva, no Rio, recebe certificado de sustentabilidade

Um júri internacional, reunido em Copenhague, na Dinamarca, avalia as candidaturas das praias, marinas e embarcações de turismo de todos os países do Hemisfério Sul. 

Baixar arquivo
Educação

Enade: Estudantes de universidades públicas tiveram melhor desempenho

41,7% dos cursos com nota máxima (5)  são de universidades públicas, enquanto apenas 3,1% dos cursos de instituições privadas alcançaram a melhor avaliação

Baixar arquivo
Política

Votações na Câmara são adiadas para semana que vem

Sem acordo, sessão deliberativa marcada para esta terça-feira (20) foi cancelada

Baixar arquivo