Guedes nega que haja intenção de privatizar o SUS

Ele comentou hoje o decreto que previa estudo sobre concessão ao setor

Publicado em quinta-feira, 29 Outubro, 2020 - 14:20 Por Lucas Pordeus Leon - Brasília

O ministro da Economia, Paulo Guedes, comentou, nesta quinta-feira (29), sobre uma possível segunda onda do novo coronavírus no Brasil e falou também sobre o decreto que previa um estudo para conceder à iniciativa privada a gestão de Unidades Básicas de Saúde. 

Paulo Guedes ressaltou que, no caso de uma segunda onda da pandemia, é preciso observar a possibilidade fiscal e orçamentária do governo. 

O ministro da Economia destacou, porém, que o governo não enxerga, por enquanto, essa segunda onda.

O ministro participou, pela 4ª vez, de uma reunião da Comissão Mista da Covid-19 no Congresso Nacional. Paulo Guedes foi questionado pelos parlamentares sobre o decreto que permitiu um estudo para concessão à iniciativa privada de Unidades Básicas de Saúde.

O ministro respondeu que essa foi uma iniciativa do Programa de Parcerias e Investimentos, o PPI. Guedes negou intenção de privatizar o SUS, o Sistema Único de Saúde, e defendeu o uso de vouchers, uma espécie de ticket ou vale, para a população usar em serviços privados.

O decreto autorizando estudos para conceder Unidades Básicas de Saúde à iniciativa privada acabou revogado no mesmo dia, após críticas. Sobre o futuro do auxílio emergencial, o ministro da Economia defendeu que o novo programa de renda vai depender da possibilidade orçamentária, respeitando o Teto de Gastos, que limita as despesas da União.

Edição: Joana Lima

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Com atual investimento, só 3 estados universalizam saneamento até 2033

Marco Legal do Saneamento Básico determina que Brasil chegue 99% da população com água tratada e coleta de esgoto. Mas, segundo estudo do Instituto Trata Brasil, mantidos os investimentos atuais, somente São Paulo, Paraná e Distrito Federal conseguirão atingir a meta. A pesquisa aponta, inclusive, queda no emprego de recursos públicos para o saneamento básico.

Baixar arquivo
Economia

Rendimento dos 10% mais ricos é o triplo dos 40% mais pobres no Brasil

Pesquisa do IBGE mostra destribuição desigual de riquezas no país

Baixar arquivo
Educação

Movimento Contrate Universitários visa ajudar estudantes desempregados

Com a pandemia do novo coronavírus, estudantes estão enfrentando não só dificuldades para estudar, mas para trabalhar, também.

Baixar arquivo
Economia

Governo antecipa pagamento de dezembro aos segurados do INSS no Amapá

Com o restabelecimento do serviço de energia elétrica, os moradores do Amapá tentam agora voltar à vida normal. E para ajudar nessa retomada, o governo federal decidiu antecipar aos segurados do INSS no estado os pagamentos dos benefícios de dezembro.

Baixar arquivo
Esportes

Ídolo do futebol mundial, Diego Maradona morre aos 60 anos

Um dos maiores nomes do futebol mundial em todos os tempos, Diego Armando Maradona faleceu nesta quarta-feira (25), aos 60 anos.

Baixar arquivo
Economia

Caixa tem lucro líquido de R$ 1,89 bilhão no terceiro trimestre

 Nos 9 primeiros meses deste ano, o lucro somou R$7,5 bilhões, queda de 53,6% em relação ao ano passado. 

Baixar arquivo