Embaixador da China nega que atraso de insumo tenha motivação política

Yang Wanming não deu prazo para envio do componente usado nas vacinas

Publicado em quarta-feira, 20 Janeiro, 2021 - 14:21 Por Lucas Pordeus Leon - Brasília

O atraso no envio dos insumos para produção das vacinas contra a covid-19 no Brasil foi causado por dificuldades nos trâmites técnicos necessários para a exportação dos produtos, informou o embaixador chinês no país, Yang Wanming. O representante do governo da China no Brasil conversou, nesta quarta-feira (20), com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O embaixador chinês não deu prazos para a chegada dos princípios ativos, mas disse a Rodrigo Maia que os conflitos políticos não estão entre os motivos do atraso.

Nesta terça-feira, em nota, a Fiocruz informou que o atraso no envio do ativo para fabricação da vacina deve impactar no prazo para entrega do primeiro lote do medicamento da AstraZêneca. Apesar de ter sido desenvolvida pela Universidade de Oxford, na Inglaterra, a vacina tem o princípio ativo produzido na China. A Fiocruz esperava entregar as primeiras doses entre 8 e 12 de fevereiro, agora a estimativa é que isso só ocorra em março. Ainda assim, a Fiocruz espera entregar 50 milhões de doses até abril.

O atraso na chegada desses insumos também pode impactar a produção da CoronaVac, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo. A expectativa do instituto é entregar 46 milhões de doses também até abril. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Política

Empresas privadas poderão comprar vacina contra a covid-19

Projeto foi aprovado na Câmara e segue para sanção presidencial.  O texto aprovado pelos deputados estabelece que enquanto durar a vacinação dos grupos prioritários, as doses compradas pela iniciativa privada deverão ser integralmente doadas ao SUS.

Baixar arquivo
Saúde

Governadores pedem ação integrada para combate à covid-19

Ao longo do dia, os governadores também estiveram com representantes do Ministério da Saúde. E ouviram da presidente da Comissão de Orçamento, a deputada Flávia Arruda, do PL, a promessa de receberem R$14,5 bilhões  em emendas parlamentares destinadas ao Sistema Único de Saúde.

Baixar arquivo
Política

Não há crise entre o Brasil, China e Estados Unidos, diz ministro

O ministro das relações exteriores, Ernesto Araújo, afirmou hoje que não há crise entre o Brasil, China e Estados Unidos. Na coletiva de imprensa sobre a política externa, realizada, nessa terça (02), Araújo disse que a crise com embaixador chinês no país está superada.

Baixar arquivo
Saúde

Planos de saúde aumentam cobertura de tratamentos para câncer

Os planos de Saúde vão ter que cobrir novos procedimentos e medicamentos. A resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) amplia a cobertura obrigatória dos planos de saúde a partir de abril de 2021.

Baixar arquivo
Educação

5% dos alunos da rede pública estão com deficiência em matemática

O levantamento apontou que apenas 5% dos estudantes de escolas públicas, do 3º ano do ensino médio, conseguiam resolver questões com a probabilidade ou com o uso do Teorema de Pitágoras.

Baixar arquivo
Justiça

Desembargadores do TRT-RJ são denunciados por esquema de propinas

Magistrados faziam parte de esquema de corrupção que desviou recursos da saúde no estado, e arrecadou propina junto a empresas de ônibus e pessoas ligadas ao governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel.

Baixar arquivo