Roraima vai instalar barreiras sanitárias na divisa com o Amazonas

Publicado em terça-feira, 12 Janeiro, 2021 - 19:57 Por Graziele Bezerra - Brasília

Para conter o aumento dos casos de covid-19, o governo de Roraima anunciou nesta terça-feira (12) que vai instalar barreiras sanitárias em Rorainópolis, na divisa com o Amazonas, e no Aeroporto Internacional de Boa Vista. Nas barreiras, serão oferecidos testes rápidos e verificada a temperatura dos viajantes.

Quem testar positivo ou apresentar sintomas, será encaminhado para a unidade de saúde mais próxima.

As barreiras começam a funcionar nesta semana, e só deverão ser desativadas quando o quadro da pandemia no Amazonas amenizar.

O último boletim epidemiológico aponta mais de 140 mil casos de covid-19 em Roraima.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Prova de vida de aposentados segue suspensa até fevereiro

Com o novo decreto publicado nesta quarta-feira (20), o INSS prorrogou até fevereiro a suspensão do corte dos pagamentos de quem não fez a comprovação, tanto para residentes no Brasil ou no exterior.

Baixar arquivo
Educação

Niterói classifica educação como atividade essencial

Com isso, escolas poderão funcionar e ano letivo deve começar em março. Atualmente, a cidade está no nível amarelo de controle da covid-19, o que significa que até o ensino fundamental pode retornar às aulas presenciais. O secretário de Educação disse que, no entanto, ainda não há decisão para reabertura imediata das escolas.

Baixar arquivo
Geral

Em Sergipe, prefeito deve responder por tomar vacina contra a covid-19

Prefeito do interior do estado de Sergipe poderá responder por ter tomado a vacina contra a covid-19 sem fazer parte dos grupos prioritários. 

Os detalhes com Pedro Ramos, da Rádio UFS FM de Aracaju. 

Baixar arquivo
Geral

INSS suspende atendimento do PREVBarco a comunidades do Amazonas

Com o agravamento da pandemia no Amazonas, o INSS resolveu suspender as missões dos chamados PREVBarcos, que são Unidades Móveis Flutuantes de atendimento à população ribeirinha e trabalhadores rurais.

Baixar arquivo
Justiça

Governo do AM terá que prestar informações sobre falta de oxigênio

Nessa terça-feira (19), a justiça determinou que o governo  do Amazonas devolva,  em 48 horas, 155 cilindros de oxigênio reabastecidos ao município de Coari. Em caso de descumprimento, a multa pode chegar até R$10 milhões.

Baixar arquivo