Vacina contra Covid-19 importada da Índia deve chegar amanhã ao Brasil

São 2 milhões de doses com uso emergencial já autorizado

Publicado em quinta-feira, 21 Janeiro, 2021 - 18:11 Por Victor Ribeiro - Brasília

O Brasil deve receber no fim da tarde desta sexta-feira 2 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 fabricada pelo Instituto Serum, na Índia. A carga vem a bordo de um voo comercial da companhia aérea Emirates e chegará ao aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Depois dos trâmites alfandegários, um avião da Azul vai transportar as vacinas para o aeroporto internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro.

Essa vacina é a Covishield, desenvolvida pela universidade inglesa de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca, que aqui no país tem parceria com a Fiocruz. É para este lote, que vem da Índia, que a Anvisa autorizou, no último domingo, o uso emergencial.

A expectativa do governo brasileiro era de receber as doses no último sábado, exatamente quando começou a vacinação no país asiático. De acordo com a agência de notícias Reuters, o Ministério das Relações Exteriores da Índia informou que o atraso ocorreu porque a Índia só passou a liberar as doses depois de abrir a própria campanha de imunização.

No início da semana, o governo indiano priorizou o envio de doses doadas para os países vizinhos. A partir desta sexta-feira, começa a distribuição das vacinas que foram comercializadas para outros países. O Brasil e o Marrocos vão ser os primeiros. Em seguida, a Índia vai enviar doses para África do Sul e Arábia Saudita.

Sobre os insumos que estão na China, tanto para a vacina da Fiocruz, quanto para a CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório Sinovac e pelo Instituto Butantan, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse nesta quinta-feira que ainda não se pode dizer que existe atraso. Mas não tem previsão de quando esse material vai chegar ao Brasil.

O Butantan precisa dessa matéria-prima para fabricar mais 35 milhões de doses da CoronaVac até o mês de abril. E a Fiocruz também depende desses insumos para entregar 50 milhões de doses da Covishield até março.

E na tarde desta quinta-feira uma equipe da empresa União Química, parceira do Instituto Gamaleya, da Rússia, fez uma reunião virtual com a Anvisa. O objetivo é tentar viabilizar o início das pesquisas da fase 3, com testes em humanos, da vacina Sputnik V no Brasil. O primeiro pedido nesse sentido foi apresentado no fim do ano passado, mas a Anvisa não autorizou porque faltavam informações sobre a eficácia.

A farmacêutica brasileira informou que, assim que o estudo for autorizado, vai apresentar um pedido de uso emergencial para 10 milhões de doses e que, até o fim deste ano, pode vender até 150 milhões de doses para o Brasil.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Economia

Conta de luz terá bandeira amarela em março

Apesar das chuvas intensas, nível dos reservatórios ainda é baixo

Baixar arquivo
Saúde

Vacinação de idosos com 79 anos ou mais começa segunda (1º) no Rio

Em seu perfil em uma rede social, prefeito Eduardo Paes informou que os postos de saúde vão aplicar a vacina entre a segunda e a quarta-feira, e que um novo cronograma será anunciado assim que novas doses da vacina chegarem.

Baixar arquivo
Saúde

Decreto com novas regras para lockdown no DF deve ser publicado hoje

De acordo com o governador Ibaneis Rocha, objetivo é flexibilizar restrições em áreas de menor impacto

Baixar arquivo
Saúde

Insumo para mais de 12 milhões de doses de vacina chega hoje ao Rio

Uma nova remessa do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), suficiente para a produção de mais de 12 milhões de doses da vacina contra a covid-19 chega neste sábado (27) ao Rio

Baixar arquivo
Cultura

Carolina Maria de Jesus recebe título de Doutora Honoris Causa da UFRJ

Homenagem póstuma foi concedida à escritora pela extrema relevância de sua obra na luta antirracista

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: ocupação de UTIs atinge pior nível desde início da pandemia

A proporção de leitos ocupados passou de 80% em 12 estados e no Distrito Federal. Amazonas, Ceará, Paraná, Rondônia e Santa Catarina têm percentual de leitos ocupados acima dos 90%.

Baixar arquivo