Aumento nos casos de covid tem provocado lockdown em várias cidades

Em Araraquara, a prefeitura decretou fechamento de todas as atividades

Publicado em domingo, 21 Fevereiro, 2021 - 14:04 Por Leandro Martins - Brasília

O aumento de casos de covid no país está provocando lockdown em vários estados e municípios. Na cidade paulista de Araraquara, depois de registrar 5 mortes pela covid-19 na última sexta-feira (19), e com as UTI lotadas, a prefeitura do município decretou fechamento de todas as atividades não essenciais por 60 horas.

 

O lockdown começou nesse domingo (21), ao meio-dia, e vale até a meia noite de terça-feira, 23. Vão ficar fechados bancos, indústrias, supermercados, postos de combustíveis e todo comércio, e ainda os serviços públicos. Carros e ônibus do transporte não poderão circular. É o mesmo caso da cidade de Américo Brasiliense.

 

Já em Santa Lúcia, também em São Paulo, o prefeito determinou que, desde este domingo (21), a população terá que comprovar a necessidade para circular pelas ruas da cidade. Além de postos de combustíveis, não podem funcionar restaurantes, bares, entregas por aplicativo, comércio e serviços, rede bancária, correios e lotéricas.

 

Em Uberlândia, Minas Gerais, o lockdown visa reduzir o colapso do sistema de saúde local. Desde esse sábado (20), serviços como supermercados, padarias e farmácias só podem funcionar em horários determinados pela prefeitura. Estão liberados restaurantes e lanchonetes nas proximidades de rodovias. Já os da cidade, apenas por meio de entregas. 

 

No Rio Grande do Sul, com 11 regiões em bandeira preta no estado, um decreto do governo gaúcho suspendeu, desde esse sábado (20), atividades entre 22h e 5h. A cidade de São Leopoldo pode parar por sete dias, a partir desta segunda-feira (22).

 

Em Goiás, a prefeitura de Ipameri decretou lockdown por 8 dias. O município fica na região de saúde da estrada de ferro, onde é apontada situação de calamidade, de acordo com mapa epidemiológico apresentado pela secretaria de Saúde goiana.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Justiça

Witzel pede ao STF que afastamento não passe de 180 dias

Ele alega que um prazo maior contraria a Constituição Federal e a Estadual. Na primeira, o prazo máximo de afastamento do presidente da República, em caso de admissão da acusação de crimes de responsabilidade ou comuns, é de 180 dias. E a Constituição Fluminense prevê o mesmo prazo para o governador.

Baixar arquivo
Economia

Poupança registra mais saques que depósitos pelo 2º mês consecutivo

Foram mais de R$ 5,8 bilhões de saldo negativo em fevereiro. De acordo com o Banco Central, a retirada líquida no segundo mês do ano foi a maior registrada para meses de fevereiro desde 2016.

 

Baixar arquivo
Saúde

Pazuello acompanha ações contra a pandemia no Paraná

Na tarde desta quinta-feira (4), Pazuello visitou a unidade de referência para o atendimento à covid-19 em Cascavel, onde a taxa de ocupação das UTIs já chegou em 100%.

Baixar arquivo
Política

Bolsonaro inaugura trecho da Ferrovia Norte-Sul em Goiás

Corredor ferroviário entrou em operação hoje (4), e a inauguração marcou também a conexão com a Malha Paulista. A expectativa é que os 1.537 quilômetros da concessão Malha Central da ferrovia, entre Porto Nacional (TO) e Estrela d’Oeste (SP), estejam totalmente operacionais até o fim de julho.

 

Baixar arquivo
Saúde

Butantan recebe 8,2 mil litros de insumo para 14 milhões de doses

Uma nova remessa de matéria-prima para produção da Coronavac chegou ao país nesta quinta-feira (4). A carga, de 8,2 mil litros do insumo necessário para a fabricação da vacina, foi transportada da China para o aeroporto de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo.

Baixar arquivo
Saúde

Rio Grande do Sul mantém bandeira preta contra covid-19 até dia 7

A fase preta, que representa risco alto de velocidade de propagação do vírus, leva em consideração a ocupação das unidades de saúde. Pelo terceiro dia, os hospitais atingiram acima de 100% da capacidade.

Baixar arquivo