Rio atualiza calendário de vacinação contra covid-19

Cidade também aderiu a consórcio para compra de mais doses da vacina

Publicado em 03/03/2021 - 13:36 Por Raquel Junia - Rio de Janeiro

O município do Rio de Janeiro deve vacinar até o final de março todos os idosos acima de 67 anos contra covid-19. O planejamento consta no novo calendário divulgado pela prefeitura nesta terça-feira (02) que, diferente dos anteriores, traz uma previsão mais longa. Até o próximo sábado serão imunizados os idosos com 78 anos e, nas próximas semanas, haverá 2 dias dedicados a cada idade. Aos sábados também haverá a possibilidade de repescagem para aqueles que perderam a data.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o Rio vacinou até o momento 5,5% da população, cerca de 370 mil pessoas. Em visita a um dos pontos de vacinação, nesta quarta-feira (03), o secretário Daniel Soranz destacou que a previsão foi possível a partir da confirmação de entrega de doses pelo Ministério da Saúde.

E a prefeitura do Rio mudou de ideia e decidiu nesta terça-feira (02) aderir ao consórcio de municípios para a compra de vacinas contra a covid-19. Niterói, na região metropolitana, também fez o mesmo caminho. A iniciativa da Frente Nacional de Prefeitos pretende organizar os municípios para buscar soluções conjuntas, caso haja problemas no planejamento nacional de imunização elaborado pelo Ministério da saúde.  O prefeito Eduardo Paes avalia que o consórcio pode dar segurança para uma compra justa, mas disse que continua apostando no programa nacional.

O prazo para manifestação de interesse por parte dos municípios termina na próxima sexta-feira (05). Depois da adesão, a Frente ainda precisará legalizar o consórcio e posteriormente as Câmaras de Vereadores terão que aprovar a participação. Além da capital, outros 14 municípios fluminenses também assinaram a adesão ao consórcio.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Meio Ambiente

Ilhas Cagarras ganha título de ponto de esperança para os oceanos

As Ilhas Cagarras e Águas do Entorno, no Rio de Janeiro, ganharam o título de Hope Spot, ou Ponto de Esperança para os oceanos no litoral do Brasil. Esse é o segundo Hope Spot do país, nomeado pela Mission Blue, uma organização internacional que apoia ações de preservação marinha.

Baixar arquivo
Justiça

Justiça suspende decretos da Prefeitura do Rio com medidas restritivas

Justiça do Rio de Janeiro suspendeu decretos que estabeleciam medidas restritivas contra a Covid-19  na capital fluminense. A  juíza Regina Lucia Chuquer, da 6ª Vara de Fazenda Pública, concedeu liminar em ação popular proposta pelo deputado estadual Anderson Moraes, do PSL.

Baixar arquivo
Economia

Governo e parlamento entram em acordo para Lei Orçamentária de 2021

A Lei Orçamentária de 2021 vai entrar em vigor nos próximos dias, com quase quatro meses de atraso. Um acordo entre o governo e parlamentares resultou na aprovação de um projeto de lei no Congresso Nacional que abre caminho para mudanças.

Baixar arquivo
Economia

União arrecada em março mais de 137 bilhões em tributos

É o maior valor da série histórica, que começou em 1994, e representa aumento real de 18% em relação a março do ano passado.

Baixar arquivo
Geral

Câmara aprova urgência para proposta que privatiza os Correios

A Câmara dos Deputados aprovou nessa terça, 20, a tramitação de urgência para a proposta que privatiza os Correios. Na prática, o pedido de urgência acelera a tramitação do projeto de lei que privatiza a empresa, que agora pode ser votado diretamente pelo plenário. Nesse caso, ficam dispensadas as audiências públicas e os debates nas Comissões.

Baixar arquivo
Saúde

SP vai vacinar pessoas com comorbidades e trabalhadores do transporte

São Paulo antecipa vacinação de pessoas com comorbidades e trabalhadores do transporte público com mais de 47 anos. A promessa é de vacinar pessoas com síndrome de down, transplantados e pacientes renais que fazem diálise.

Baixar arquivo