São Paulo adota medidas mais rígidas de isolamento

Publicado em 11/03/2021 - 20:44 Por Eliane Gonçalves - São Paulo

O governo de São Paulo anunciou medidas que aumentam a restrição de circulação das pessoas em todo o estado.

As medidas foram batizadas de "fase emergencial", com mais restrições que a da fase vermelha do Plano São Paulo - que voltou a ser adotada desde o dia 6 de março.

Templos religiosos podem continuar abertos para receber fiéis, mas cultos, missas e celebrações estão proibidos.

Atividades esportivas coletivas também estão proibidas. Com isso, todas as partidas do campeonato paulista de futebol ficam suspensas a partir do dia 15 de março.

O serviço de retirada de produtos, o chamado take away, está proibido em todos os setores. Já o serviço de entregas, o delivery, está liberado e estabelecimentos com estrutura para drive-thru também podem continuar atendendo.

O teletrabalho vai ser obrigatório para todos os órgãos públicos e nos escritórios de setores não essenciais.

O uso de praias e parques está proibido, mas não haverá restrições para viagens intermunicipais ou interestaduais.

Para reduzir a lotação de transportes públicos, a recomendação é que as empresas que seguem autorizadas a funcionar escalonem o horário de entrada dos trabalhadores: indústria entre 5h e 7h da manhã; setor de serviços entre 7h e 9h; e comércio entre 9h e 11h.

O toque de recolher entre 20h e 5h continua valendo e o uso de máscara segue obrigatório em todos os ambientes. Mesmo alguns serviços essenciais, como padarias e supermercados estão sendo orientados a cumprir o toque de recolher; menos postos de combustíveis e farmácias. Lojas de materiais de construção não vão poder abrir.

Já as escolas públicas estaduais vão suspender as aulas presenciais por 15 dias. As municipais devem seguir a orientação das prefeituras, mas o governo do estado recomenda que as atividades presenciais sejam reduzidas. Já as particulares não vão sofrer restrições. Questionado se a medida não vai aumentar a desigualdade entre os estudantes da rede pública e privada, o secretário de Educação, Rossieli Soares, explicou que o fechamento vai antecipar os recessos que estavam previstos para abril e outubro deste ano.

Em todo o estado, 53 cidades estão com 100% dos leitos de uti ocupados. Hoje o número de pessoas internadas nessas unidades de terapia (mais de 9 mil) é 47% maior que no primeiro pico da pandemia.

O secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn, disse que não é possível abrir novos leitos no mesmo ritmo em que cresce a pandemia.

Antes de anunciar medidas mais restritivas, o governador João Dória divulgou um vídeo com imagens de hospitais públicos do estado que estão com todos os leitos de UTI ocupados ou perto disso.

As novas medidas de restrição entram em vigor na próxima segunda-feira (15), e seguem até o dia 30 de março.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Programa Caixa Mais Brasil chega à 100ª edição neste sábado

Durante este fim de semana, a Caixa Econômica Federal promove mais uma edição do programa Caixa Mais Brasil.

Baixar arquivo
Geral

Covid-19: projeto no DF oferece apoio psicológico a enlutados

Lidar com a morte é um processo doloroso. E desde o início da pandemia do coronavírus, por causa das medidas de segurança e distanciamento social, nem sempre quem perde um ente querido encontra uma rede de apoio para enfrentar esse momento.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Pandemia coloca 9 milhões de crianças em risco de trabalho infantil

Os dados estão no relatório do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) publicado para marcar o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, celebrado neste sábado, 12 de junho

Baixar arquivo
Saúde

Estado do Rio de Janeiro permanece com risco moderado para covid-19

O Mapa de Risco Covid-19 manteve a classificação geral na bandeira laranja, mas segundo o estudo, houve melhora no cenário epidemiológico em seis regiões.

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz recebe insumo para a produção de 6 milhões de doses da vacina

A Fiocruz recebe neste sábado (12) mais um lote de IFA para a produção da vacina contra a covid-19. O insumo deverá desembarcar no final da tarde no Rio de Janeiro.

Baixar arquivo
Saúde

SUS vai oferecer exame rápido para detecção de meningite criptocócica

O teste que detecta fungos que atacam o sistema nervoso foi incorporado ao SUS e publicado nesta sexta-feira (11).

Baixar arquivo