Vacina de Oxford tem eficácia no combate a variante brasileira

O imunizante para a cepa brasileira protege 100% nos casos graves

Publicado em 19/03/2021 - 22:09 Por Fabiana Sampaio, repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Um estudo preliminar apontou que a vacina de Oxford/ Astrazeneca, que no Brasil está sendo produzida pela Fiocruz, demonstrou eficácia em neutralizar a variante brasileira do novo coronavírus.  

De acordo com o estudo, a chamada P1, identificada em janeiro, em Manaus, reage de forma similar à variante britânica ao imunizante de Oxford. Ou seja, a vacina tem impacto na neutralização do vírus.

A informação, divulgada pela Fiocruz, é da coordenadora dos centros de pesquisa da vacina de Oxford no Brasil e diretora do Instituto para a Saúde Global da Universidade de Siena, na Itália, a médica carioca Sue Ann Costa Clemens.

A pesquisa ainda não foi revisada por outros cientistas e nem publicada em revista, mas já está disponível na internet.

O estudo aponta que apesar da pequena perda de neutralização na comparação com as cepas mais comuns, ainda assim o efeito das vacinas não ficou comprometido.

A eficácia do imunizante para a cepa brasileira fica acima dos 70% nos casos leves e chega a 100% quando se tratam de casos graves e hospitalização.

No mês passado, a Universidade de Oxford já havia anunciado que a vacina é eficaz contra a variante do Reino Unido, chegando a 75% de eficácia.

O estudo contou com a colaboração de pesquisadores da Fiocruz Amazônia e do Laboratório de Vírus Respiratórios e do Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz.

O trabalho avaliou a capacidade da cepa originada no Amazonas de escapar de anticorpos – não somente os induzidos por vacinas, mas também daqueles gerados por quem teve a infecção há mais tempo, e os chamados anticorpos monoclonais, que são um tipo de remédio biológico.

Os pesquisadores coletaram amostras de soro de 25 pessoas que receberam a vacina de Oxford e 25 que receberam o imunizante da Pfizer.

 

Edição: Beatriz Arcoverde, editora da Radioagência Nacional

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

MG: mineração impacta na saúde respiratória das pessoas em 22 cidades

Alterações na paisagem geradas pela mineração impactam na saúde respiratória das pessoas em uma das maiores províncias mineradoras do mundo: o Quadrilátero Ferrífero, que engloba 22 municípios de Minas Gerais. A conclusão é do estudo feito pela UFMG.

Baixar arquivo
Política

Câmara aprova projeto de lei que suspende despejo até o fim do ano

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (18) um projeto de lei (PL) que proíbe o despejo ou a desocupação de imóveis até o fim deste ano. O projeto segue para o Senado.

Baixar arquivo
Geral

Governo lança programa para facilitar transporte de cargas

presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que cria o programa e mais um decreto e duas medidas provisórias com as ações que fazem parte do Gigantes do Asfalto.

Baixar arquivo
Cultura

Perto dos 90 anos, Zuenir Ventura estreia série Depoimentos Cariocas

Vídeos sobre a memória da cidade do Rio de Janeiro, por meio do olhar de quem já contou tantas histórias sobre ela, são o tema da série “Depoimentos Cariocas”.

Baixar arquivo
Saúde

SP: motoristas e cobradores de ônibus começam a ser vacinados

Motoristas e cobradores de ônibus municipais e intermunicipais do estado de São Paulo começaram a ser vacinados nesta terça-feira. Vão receber a vacina as pessoas com mais de 47 anos, e a previsão é imunizar 165 mil trabalhadores.

Baixar arquivo
Saúde

Câmara discute autorização do cultivo da maconha para uso medicinal

Agressão e bate-boca marcaram a discussão na Câmara dos Deputados sobre o projeto de lei que autoriza o cultivo da maconha para fins medicinais e a votação da medida foi adiada.

Baixar arquivo