Covid-19: pessoas com comorbidades serão imunizadas a partir de maio

Ministério da Saúde diz que público será vacinado de acordo com idade

Publicado em 21/04/2021 - 12:44 Por Paula de Castro - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Em maio começa uma nova fase da vacinação contra a covid-19 no país. O foco agora são as pessoas com doenças pré-existentes como problemas cardíacos e do pulmão, hipertensão arterial e diabetes que podem oferecer risco de agravamento da doença. Veja a relação completa de comorbidades do Ministério da Saúde.

Para garantir a vacinação desse grupo, o Ministério da Saúde explica que é importante que essas pessoas estejam pré-cadastradas no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações ou em alguma unidade de saúde do SUS.

Mas, quem não tiver a inscrição vai poder tomar a vacina. Para isso, é preciso apresentar no momento da imunização, um comprovante da comorbidade, como exames, receitas, relatório médico ou prescrição médica.

A convocação desse grupo será de acordo com a idade, dos mais velhos aos mais jovens. Então os primeiros a serem convocados serão as pessoas de 55 a 59 anos, depois de 50 a 54 anos, e assim por diante.

Desde o início da campanha de vacinação, no dia 18 de janeiro, já foram distribuídas mais de 53 milhões de doses de vacinas covid-19, alcançando aproximadamente 30 milhões de pessoas. 

Até o momento foram vacinados os seguintes grupos prioritários: Trabalhadores de saúde; pessoas acima de 60 anos que morem em abrigos, pessoas com mais de 18 anos com deficiência que também morem em abrigos. Idosos a partir de 65 anos, povos indígenas, quilombolas e a população ribeirinha.

Além das Forças de segurança e salvamento e Forças Armadas as pessoas com mais de 60 anos estão sendo vacinadas conforme o calendário de cada estado, mas estão garantidas ainda nessa primeira fase de vacinação.

Edição: Sâmia Mendes/Adrielen Alves

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Educação

Enade 2021: inscritos devem responder a questionário obrigatório

Os alunos tem até o dia 13 de novembro para enviar as respostas. A finalização desse processo é um pré-requisito para a prova que será realizada no dia 14 de novembro.

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz: vírus respiratórios ressurgem em crianças e acendem alerta

Assim como a covid-19, esses vírus também têm gerado quadros de Síndrome Respiratória Aguda Grave, complicação respiratória associada ao agravamento de alguma infecção viral. 

Baixar arquivo
Segurança

Esconderijo do miliciano Adriano da Nóbrega é demolido no Rio

Acusado de envolvimento no assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL), o Capitão Adriano, como era conhecido, representava o alto comando da organização miliciana “Escritório do Crime” e foi morto em 2020, numa operação comandada pela PM da Bahia.

Baixar arquivo
Segurança

Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária atua em Roraima até novembro

A Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária permanece em Roraima até o dia 30 de novembro. Os agentes participantes da ação são ligados à União, atuam em âmbito nacional e estão no estado desde 2018.

Baixar arquivo
Política

Votação da PEC dos Precatórios será presencial na próxima quarta-feira

A informação é do líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros pelo twitter. Ele escreveu que a votação será feita presencialmente e que parlamentares foram mobilizados para garantir o quórum necessário.

Baixar arquivo
Saúde

Campanha de Multivacinação termina nesta sexta-feira em todo Brasil

A campanha quer atualizar a caderneta de vacinação das crianças e adolescentes menores de 15 anos com imunização contra HPV, febre amarela, sarampo, rubéola, caxumba em todo o Brasil.

Baixar arquivo