Covid-19: pessoas com comorbidades serão imunizadas a partir de maio

Ministério da Saúde diz que público será vacinado de acordo com idade

Publicado em 21/04/2021 - 12:44 Por Paula de Castro - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Em maio começa uma nova fase da vacinação contra a covid-19 no país. O foco agora são as pessoas com doenças pré-existentes como problemas cardíacos e do pulmão, hipertensão arterial e diabetes que podem oferecer risco de agravamento da doença. Veja a relação completa de comorbidades do Ministério da Saúde.

Para garantir a vacinação desse grupo, o Ministério da Saúde explica que é importante que essas pessoas estejam pré-cadastradas no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações ou em alguma unidade de saúde do SUS.

Mas, quem não tiver a inscrição vai poder tomar a vacina. Para isso, é preciso apresentar no momento da imunização, um comprovante da comorbidade, como exames, receitas, relatório médico ou prescrição médica.

A convocação desse grupo será de acordo com a idade, dos mais velhos aos mais jovens. Então os primeiros a serem convocados serão as pessoas de 55 a 59 anos, depois de 50 a 54 anos, e assim por diante.

Desde o início da campanha de vacinação, no dia 18 de janeiro, já foram distribuídas mais de 53 milhões de doses de vacinas covid-19, alcançando aproximadamente 30 milhões de pessoas. 

Até o momento foram vacinados os seguintes grupos prioritários: Trabalhadores de saúde; pessoas acima de 60 anos que morem em abrigos, pessoas com mais de 18 anos com deficiência que também morem em abrigos. Idosos a partir de 65 anos, povos indígenas, quilombolas e a população ribeirinha.

Além das Forças de segurança e salvamento e Forças Armadas as pessoas com mais de 60 anos estão sendo vacinadas conforme o calendário de cada estado, mas estão garantidas ainda nessa primeira fase de vacinação.

Edição: Sâmia Mendes/Adrielen Alves

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Política

Câmara apresenta novo parecer do texto de reforma do Imposto de Renda

O deputado federal Celso Sabino, do PSDB, apresentou, nesta terça-feira, um novo parecer para o projeto de reforma do Imposto de Renda, apresentado pelo governo federal em junho.

Baixar arquivo
Geral

Chuvas deixam ao menos cinco povoados isolados em Roraima

Defesa Civil do Estado considera imprevisto o volume de chuvas para o período. Estragos atingem cerca de 3 mil pessoas em nove cidades. 

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: Queiroga pede que brasileiros se imunizem com a segunda dose

O Ministro da Saúde esteve na Comunidade da Maré, no RJ, onde foi apresentado um balanço da vacinação em massa contra o coronavírus, neste que é o maior conjunto de favelas da cidade.

Baixar arquivo
Educação

Educação bilíngue de surdos é inserida na LDB da educação nacional

A educação bilíngue é aquela em que a Língua Brasileira de Sinais é considerada a primeira língua, e o português escrito como segunda língua.

Baixar arquivo
Geral

#AprenderParaPrevenir quer alertar sobre riscos de desastres naturais

Com o tema #AprenderParaPrevenir foi lançada, nessa terça-feira, a campanha nacional para conscientizar a população de que é possível reduzir o risco de determinados desastres naturais, como, por exemplo, incêndios florestais.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: Anvisa autoriza teste do medicamento Leronlimabe

A Anvisa autorizou, nesta segunda-feira, o estudo clínico para avaliar a segurança e a eficácia do medicamento Leronlimabe. A ideia é usar a droga para tratar pacientes com covid-19 e que tenham desenvolvido quadros moderados de pneumonia.

Baixar arquivo