MG: mineração impacta na saúde respiratória das pessoas em 22 cidades

Publicado em 18/05/2021 - 21:25 Por Daniella Longuinho - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Alterações na paisagem geradas pela mineração impactam na saúde respiratória das pessoas em uma das maiores províncias mineradoras do mundo: o Quadrilátero Ferrífero, que engloba 22 municípios de Minas Gerais. Essa foi a conclusão de um estudo feito na Universidade Federal de Minas Gerais.

A pesquisa conduzida pelo biólogo e engenheiro ambiental Matteus Ferreira, mostrou que fatores socioeconômicos e ambientais influenciaram nas taxas de internação por doenças respiratórias na região.

Segundo o estudo, municípios com maiores áreas verdes nos núcleos urbanos apresentaram menores taxas de internação na população jovem, de 0 a 14 anos, do sexo feminino. Já os municípios com maiores áreas de mineração apresentaram maiores taxas de hospitalização, incluindo a população idosa masculina.

Lembrando que o meio ambiente ecologicamente equilibrado é direito de todos, garantido pela Constituição Federal. O mestre em ecologia defende que o poder público precisa conhecer tanto os impactos positivos quanto negativos gerados pelas atividades de mineração, além dos benefícios de manutenção de uma área preservada. 

Com dados do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o estudo revelou que em 2019 houve uma redução de 73% no orçamento federal destinado às 18 unidades de conservação de Minas Gerais, em relação a 2018. Matteus Ferreira destaca que esses recursos são importantes para a preservação de áreas naturais.

Para melhorar a qualidade de vida dos moradores que vivem em áreas de mineração e reduzir as internações por problemas respiratórios, uma alternativa apontada pelo estudo é aumentar parcerias locais e regionais para aumentar as áreas verdes urbanas.

O estudo mostra que cada hectare de área verde nas cidades pode gerar R$ 123 de economia ao Sistema Único de Saúde somente em saúde respiratória.

Procurado para comentar o orçamento destinado às unidades de conservação de Minas Gerais, o ICMBio não retornou nosso contato até o fechamento desta reportagem.

Edição: Sheily Noleto/ Beatriz Arcoverde

Últimas notícias
Cultura

São Paulo: Virada Cultural traz shows em todas as regiões da cidade

A Virada Cultural volta ao formato presencial neste sábado e domingo, na capital paulista. Depois de uma pausa de dois anos em função da pandemia, a expectativa é que as mais de 300 atrações culturais e shows atraiam cerca de dois milhões de pessoas.

Baixar arquivo
Economia

Em junho a bandeira tarifária da conta de luz vai continuar verde

A adoção da bandeira verde significa que não haverá cobrança de taxa extra adicional. A informação foi divulgada pela Aneel Agência Nacional de Energia Elétrica.

Baixar arquivo
Cultura

O médico e escritor Paulo Niemeyer Filho é o mais novo imortal na ABL

O médico e escritor Paulo Niemeyer Filho, de 70 anos, toma posse nesta sexta-feira, na Academia Brasileira de Letras.

Baixar arquivo
Saúde

Queijo com probiótico da UFMG pode ajudar com doença no intestino

Os benefícios foram comprovados em experimentos com camundongos. Agora, os pesquisadores precisam de financiamento para realizar testes com humanos. Queijo tem potencial para melhorar qualidade de vida de pessoas que têm colite ulcerativa.

Baixar arquivo
Justiça

MPF abre novo procedimento após morte de cidadão em abordagem da PRF

Imagens veiculadas na internet mostram a vítima presa dentro de uma viatura esfumaçada. O IML de Sergipe identificou de forma preliminar que a vítima teve como causa da morte insuficiência aguda secundária a asfixia.

Baixar arquivo
Geral

Chuvas em AL: Governo reconhece situação de emergência em 9 municípios

O governo federal reconheceu a situação de emergência em nove municípios de Alagoas por causa das fortes chuvas que atingem o estado. Outras duas cidades estão com processo de reconhecimento federal em andamento. 

Baixar arquivo