Guarulhos revoga decreto que suspendia servidores não vacinados

Publicado em 26/10/2021 - 14:35 Por Nelson Lin - Repórter da Rádio Nacional - São Paulo

O decreto da Câmara Municipal de Guarulhos que determinava a suspensão do contrato de mais de 100 servidores que não teriam apresentado cartão de vacinação contra a covid-19 foi revogado. A orientação começou a valer na última sexta-feira, mas o presidente da Câmara Municipal de Guarulhos, o vereador Fausto Miguel Martelo, voltou atrás. Uma portaria cancelou os efeitos decreto que suspendia o contrato de trabalho de 137 servidores entre concursados, vereadores e comissionados.

Isso porque, de acordo com informações da própria Câmara Municipal, dos nomes que estavam na primeira lista, divulgada na sexta-feira, 128 já tinham apresentado comprovantes de vacinação ao serviço médico da casa, mas que por problemas internos não foram contabilizados; e outras 9 pessoas eram servidores aposentados, exonerados ou em licença médica.

Com isso, fica comprovado que todos os trabalhadores, servidores e vereadores da Câmara Municipal de Guarulhos estão com a carteira de vacinação da covid-19 em dia.

Guarulhos foi uma das primeiras cidades do país a exigir o chamado passaporte de vacinação contra a covid-19 para permitir acesso de pessoas a eventos e locais públicos, como bares, cinemas e restaurantes.

Desde o dia 26 de agosto, há um decreto na cidade obrigando funcionários da administração pública direta ou indireta a se vacinarem.

Atualmente a cidade tem mais de 77% de sua população com a imunização completa em duas doses ou pela vacina de dose única.

Edição: Sâmia Mendes - GT Passos

Últimas notícias
Geral

Companhias aéreas voltam a oferecer serviço de bordo

A liberação do serviço de bordo foi possível após decisão tomada pela Anvisa no último dia 12

Baixar arquivo
Economia

Paulo Guedes participa do Fórum Econômico Mundial, em Davos

Pela primeira vez, desde o início da pandemia de Covid-19, o Fórum Econômico Mundial faz a reunião presencialmente

Baixar arquivo
Geral

Prefeitura do Rio faz acordo com empresas de ônibus e mantém tarifa

Em reunião realizada na última sexta-feira, ficou acordado que a prefeitura vai assumir a bilhetagem e pagar um subsídio às empresas com base na quilometragem rodada, e não mais com base no número de passageiros transportados

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Pessoas aptas para adoção são 8 vezes mais do que crianças disponíveis

Mas, série de exigências desses país mantém 4.104 crianças e adolescentes no país sem uma nova família

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: estado de emergência termina oficialmente neste domingo

A situação de emergência começou em fevereiro de 2020, antes que o surto de covid se transformasse em pandemia

Baixar arquivo
Saúde

Brasileiro diagnosticado com varíola dos macacos está em isolamento

O paciente tem 26 anos. Saiu de Portugal, passou pela Espanha e entrou na Alemanha

Baixar arquivo