Novembro Azul completa uma década alertando sobre saúde do homem

Publicado em 01/11/2021 - 15:47 Por Lucas Pordeus León - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

A campanha do Novembro Azul completa neste mês uma década alertando a população masculina do Brasil sobre os cuidados em relação à saúde. Inicialmente, a campanha era voltada apenas à prevenção do câncer de próstata, mas evoluiu até virar um movimento pela saúde integral do homem que, por barreiras culturais e sociais, vive de seis a sete anos menos que as mulheres.

E um dos motivos é que os homens não procuram um médico com antecedência. Uma pesquisa encomendada pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, que lidera a campanha do novembro azul, mostrou que 62% dos brasileiros só procuram um serviço de saúde quando os sintomas estão insuportáveis.

A fundadora e presidente do Instituto, a médica Marlene Oliveira, destaca que a  diferença entre a vida e a morte depende de descobrir cedo o câncer de próstata.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, mais de 65 mil homens foram diagnosticados com tumor na próstata em 2020 e quase 16 mil morreram em 2019 por causa dessa doença.

O aposentado Antônio Carlos Carolino, de 68 anos, descobriu o câncer cedo. Fez a cirurgia e continua com a vida normal, mas trabalha alertando os amigos que resistem a fazer os exames.

A Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que homens sem sintomas ou sem fatores de risco procurem um médico para avaliação sobre o câncer de próstata a partir dos 50 anos. Porém, homens negros ou que tenham um parente de primeiro grau com câncer devem procurar um médico já aos 45 anos.
 

Edição: Raquel Mariano/Edgard Matsuki

Últimas notícias
Saúde

Doação de leite humano só atende metade da demanda no Brasil

Dia Mundial de Doação de Leite Humano, celebrado nesta quinta-feira (19), é uma iniciativa para a proteção e promoção do aleitamento materno. 

Baixar arquivo
Política

Presidente da República almoça com embaixadores de 18 países no Rio

Como exemplo de situações de instabilidade mundial, que demonstram a segurança oferecida pelo Brasil, Jair Bolsonaro citou os riscos de desabastecimento que vários países vêm passando.

Baixar arquivo
Geral

Rio de Janeiro: crimes contra a vida têm queda de 17%

Os dados são relativos aos primeiros quatro meses de 2022 na comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 1.025 vítimas, o menor número desde 1991.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: número de testes positivos em farmácias cresce 54% em maio

Dos 210 mil testes realizados na primeira quinzena do mês, quase 50 mil comprovaram a infecção pelo coronavírus. Já em abril, foram 262 mil no total e cerca de 32 mil confirmaram a presença do Sars-Cov-2.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

ONU diz que subiu 500% o total de pessoas com fome no mundo desde 2016

Os níveis de fome ao redor do mundo atingiram uma nova alta, segundo o secretário-geral das Nações Unidas. António Guterres fez declarações na quarta-feira, durante uma reunião ministerial sobre segurança alimentar, em Nova Iorque. 

Baixar arquivo
Política

Lei que torna permanente o Auxílio Brasil é publicada pelo governo

A medida que estabelece um piso do benefício de R$400 de forma permanente foi sancionada, nessa quarta-feira, pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira.

Baixar arquivo