Pesquisa alerta para publicidade ilegal de fórmulas infantis

Publicado em 25/05/2022 - 19:39 Por Fabiana Sampaio - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Seis em cada dez farmácias e supermercados brasileiros infringem a legislação que regula o marketing de produtos que podem prejudicar a amamentação. O alerta, com base em estudo realizado em sete cidades das cinco regiões brasileiras, é do Observatório de Saúde na Infância, o Observa Infância, espaço virtual que reúne informações sobre os principais indicadores sociais e dos projetos de lei relacionados à infância no Brasil. A ferramenta é uma iniciativa da Fiocruz e do Centro Universitário Arthur de Sá Earp Neto.

De acordo com o Observatório, no topo dos produtos que competem com o aleitamento materno, por conta de sua exposição nessas lojas, estão os compostos lácteos, com 45%, seguidos dos leites, 35%. Papinhas e mingaus para bebês, fórmulas infantis, chupetas ou mamadeiras completam a lista.

A capital do Pará, Belém, registrou o maior índice de infrações de farmácias e supermercados à legislação vigente, seguida de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, João Pessoa, Florianópolis e Ouro Preto, em Minas Gerais.

Cristiano Boccolini, pesquisador em Saúde Pública da Fiocruz e coordenador do Observa Infância, citou as promoções desses produtos com uma das irregularidades encontradas.

Segundo o pesquisador, a indústria de fórmulas usa de estratégias de marketing ilegais para promover seus produtos e contaminar a decisão das mães sobre a amamentação dos filhos. Boccolini avalia que esse é um dos fatores responsáveis pela estagnação dos indicadores do aleitamento materno no Brasil.

De acordo com o pesquisador, é preciso aumentar a fiscalização para conter o problema. O cumprimento da lei, na avaliação de Boccolini, deve ser feito pelos farmacêuticos e vigilâncias sanitárias municipais.

O Ministério da Saúde recomenda a amamentação até os 2 anos de idade ou mais e de forma exclusiva nos seis primeiros meses de vida.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde e o Fundo das Nações Unidas para a Infância, por ano, cerca de 6 milhões de vidas são salvas por causa do aumento das taxas de amamentação exclusiva até o sexto mês de idade.

Procuradas, a Associação Brasileira de Supermercados disse que não irá se pronunciar sobre a pesquisa. Já a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias afirmou que não se manifesta sobre práticas de cunho comercial das empresas e que não houve notificações para as redes de farmácias sobre esse descumprimento.

Edição: Vitória Elizabeth / GT Passos

Últimas notícias
Geral

Operação realiza ação contra abuso e exploração sexual de menores

A Operação Luz na Infância, que tem como foco identificar autores de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes, praticados na internet, começou na manhã desta quinta-feira (30), com 163 mandados de busca e apreensão, sendo 74 deles no Brasil.

Baixar arquivo
Economia

Pronampe: micro e pequenas empresas já podem aderir ao programa

Para obter o empréstimo, será necessário que os empresários compartilhem com a instituição financeira os dados de faturamento de suas empresas. Esse compartilhamento é feito digitalmente, pelo e-CAC, disponível no site da Receita Federal.

Baixar arquivo
Economia

Mapa da FGV aponta que pobreza aumentou na pandemia de covid-19

O número de brasileiros que ganham menos de meio salário mínimo aumentou entre 2019 e 2021. De acordo com o documento, o número de novos pobres surgidos ao longo da pandemia de covid-19 chega a quase 30% da população. 

Baixar arquivo
Saúde

Anvisa prorroga importação de imunoglobulina para tratamento de covid

O diretor da Agência, Alex Campos, relator da matéria, lembrou que ainda há desabastecimento de medicamentos e insumos básicos, entre eles a imunoglobulina.
 

Baixar arquivo
Economia

IBGE: desemprego cai para 9,8%; rendimento fica estável

A taxa de desemprego do país saiu da casa dos dois dígitos no trimestre encerrado em maio e chegou ao menor valor para este período desde 2015: 9,8%.

Baixar arquivo
Esportes

Desfalcado, São Paulo visita Universidad Católica pela Sul-Americana

 

Tricolor tem nove ausências por lesão e deve manter base do Brasileiro.

Baixar arquivo