Calvície: Anvisa não recomenda tratamento com minoxidil por via oral

Publicado em 08/09/2022 - 12:43 Por Daniel Ito - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Quem tem ou já teve problemas com queda de cabelo provavelmente já fez uso ou ouviu falar do minoxidil. Esse medicamento se popularizou no país para o tratamento de calvície, e costuma ser utilizado de duas formas: pela via oral, através de cápsulas; e pela aplicação tópica, diretamente no colo cabeludo.

Só que o uso pela via oral não é recomendado para o tratamento de calvície pela Anvisa e nem pelos órgãos regulatórios de outros países, como os Estados Unidos. O minoxidil oral é um medicamento considerado muito potente para o tratamento de pressão alta, e pode trazer riscos graves ao paciente. O médico Luciano Barsanti, que é presidente da Sociedade Brasileira de Tricologia explica que quando o indivíduo toma o medicamento as artérias se dilatam e podem causar muitos problemas de saúde.

Para evitar os riscos associados ao uso do minoxidil no tratamento de calvície, a Sociedade Brasileira de Tricologia indica que o medicamento seja aplicado de forma tópica, diretamente na região em que se deseja aumentar o crescimento de cabelo.

E apesar de não ser recomendada pela Anvisa, a prescrição do minoxidil oral para esse tipo de tratamento não é proibida; por isso, os dermatologistas têm liberdade para avaliar cada caso e decidir pela indicação ou não do produto.

O médico Luciano Barsanti ressalta que o maior risco está associado à prática da automedicação.

Por causa desses riscos, a Sociedade Brasileira de Tricologia recomenda que o tratamento de calvície seja sempre orientado por um profissional qualificado, como um tricologista, que é um dermatologista especializado em cabelos e couro cabeludo.

Edição: Bianca Paiva / Beatriz Arcoverde

Últimas notícias
Política

Senado aprova PEC que criminaliza posse e porte de drogas

O texto inclui no artigo 5º da Constituição que será crime a posse e o porte de droga sem autorização independente da quantidade. 

Baixar arquivo
Política

Lewandowski defende veto parcial à lei que proíbe a chamada saidinha

Para o ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, o veto do presidente Lula a pontos da lei que restringe as saídas temporárias de detentos, conhecidas como saidinhas, foi em defesa da família.

Baixar arquivo
Internacional

Israel continua a dificultar assistência em Gaza, acusa ONU

ONU também pede que seja facilitada a saída de crianças feridas que precisam de tratamento. E mais: incêndio atinge prédio histórico em Copenhague. E Estados Unidos fornecem informações sobre Julian Assange à justiça do Reino Unido.

Baixar arquivo
Geral

Inmet emite alerta laranja de perigo para chuvas intensas

Aviso laranja de perigo pra chuvas intensas inclui ventos fortes, risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e  descargas elétricas.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

“Quem tem fome, tem urgência”, afirma Joenia Wapichana

Em entrevista, a presidente da Funai falou da distribuição de cestas de alimentos para povos indígenas e de kits de ferramentas, para o desenvolvimento da agricultura. Também destacou a importância da demarcação das terras indígenas e o acesso à documentação civil. 

Baixar arquivo
Geral

Mais de 20 instituições federais de ensino estão em greve

Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior recusou a proposta do governo de reajuste de 4,5% no ano que vem e também em 2026. Mas sem reajuste para 2024.

Baixar arquivo