Quase 200 mil brasileiros vivem com HIV e não fazem tratamento

Publicado em 30/11/2023 - 19:15 Por Daniella Longuinho - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Quase 200 mil brasileiros vivem com HIV e não fazem o tratamento gratuito disponível no SUS. E as mulheres são as que apresentam piores desfechos em todas as etapas dos cuidados.

As informações fazem parte de boletim epidemiológico divulgado nesta quinta-feira (30) pelo Ministério da Saúde, na véspera do Dia Mundial de Luta Contra Aids.

No Brasil, dos cerca de 1 milhão de pessoas que vivem com HIV, 90%, ou seja, 900 mil, tiveram o diagnóstico confirmado.

Para alcançar a meta da Organização Mundial de Saúde de eliminação do HIV como problema de saúde pública até 2030, o país precisa diagnosticar 95% do público estimado.

Além disso, é preciso colocar 95% dessa população em tratamento antirretroviral. Até o momento, o índice alcançado pelo país foi de 81%, como explicou Draurio Barreira, diretor do Departamento de HIV/Aids do Ministério da Saúde.

Segundo o governo federal, o país conseguiu chegar à meta de 95% das pessoas que estão em tratamento terem a carga viral indetectável e, portanto, intransmissível, como destaca Draurio Barreira.

Estima-se que 650 mil homens e 350 mil mulheres vivam com HIV no Brasil. As diferenças nos percentuais de diagnóstico, tratamento e supressão de carga viral entre os dois grupos são detalhadas por Barreira.

O representante do Ministério da Saúde também destacou a importância da prevenção para a população não portadora do vírus HIV, especialmente com a PREP, profilaxia pré-exposição. Este ano foram 73 mil usuários em PREP, aumento de 45% em relação ao mesmo período do ano passado.

Para triplicar o número, o governo vai lançar em fevereiro do próximo ano edital voltado para organizações da sociedade civil, com investimento inicial de R$ 40 milhões.

A nova campanha contra Aids do Ministério da Saúde aponta a prevenção e o tratamento como um dos caminhos para a AIDS deixar de ser uma ameaça à saúde pública.

Edição: Roberta Lopes / Alessandra Esteves

Últimas notícias
Cultura

Choro é reconhecido como Patrimônio Cultural do Brasil

Representado por músicas como Carinhoso, de Pixinguinha, e Brasileirinho, de Waldir Azevedo, entre tantas outras, o choro é um gênero genuinamente brasileiro. E, para o músico Marcio Marinho, talvez seja o gênero que "dê mais fisionomia" ao nosso povo

Baixar arquivo
Educação

MEC divulga lista dos pré-selecionados na segunda chamada do Prouni

O Ministério da Educação (MEC) divulgou neste sábado (2) a lista dos candidatos pré-selecionados na segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni) de 2024. A lista está disponível no Portal Único de Acesso ao Ensino Superior.

Baixar arquivo
Economia

Zona Franca de Manaus terá R$1,2 bilhão em investimentos

A Zona Franca de Manaus vai receber mais de R$1 bilhão em investimentos. Esse montante é referente a 33 projetos que foram aprovados na última reunião do Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), liderada pelo presidente da República em exercício, Geraldo Alckmin.

Baixar arquivo
Economia

Mutirão do Desenrola Brasil reunirá mais de 700 empresas

Mais de 700 empresas participarão do mutirão de negociação de dívidas do programa Desenrola Brasil, que começa nesta segunda-feira (4). A iniciativa vai permitir que muita gente tenha mais facilidade para pagar seus débitos com bancos, financeiras, lojas varejistas, operadoras de telefonia, concessionárias de água e energia, e outros empreendimentos.

Baixar arquivo
Internacional

Estudo sugere que Brasil diversifique parcerias no setor de defesa

Um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) sugere que o Brasil reduza o peso dos Estados Unidos no setor de defesa e aumente parcerias com outras potências.

Baixar arquivo
Saúde

Dia D mobiliza o país contra focos do mosquito transmissor da dengue

Hoje (2) é o Dia D de mobilização contra a dengue em todo o país. O mutirão nacional, realizado pelo Ministério da Saúde, reúne as três esferas de governo, e chama toda a população para reforçar as ações de prevenção e eliminação dos focos do mosquito transmissor da doença.

Baixar arquivo