Desvio de cabelo doado para pacientes com câncer é investigado no RJ

Material era dado voluntariamente para confecção de perucas

Publicado em 26/04/2021 - 19:59 Por Tatiana Alves - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Um esquema criminoso que vendia doações de cabelos humanos, que deveriam ser usados na confecção de perucas para mulheres em tratamento contra o câncer, foi descoberto por policiais civis do Rio de Janeiro.

Uma suspeita, acusada de chefiar o bando, foi presa pela Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial. Ela é acusada dos crimes de associação criminosa e falsidade ideológica.

Durante a última semana, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na residência de investigados, em endereços de organizações não governamentais e lojas usados pelo esquema para vender os produtos desviados da ação social, que arrecadava as doações para as próteses.

Os policiais apreenderam cerca de meia tonelada de cabelos humanos, documentos, dinheiro, computadores e celulares.

De acordo com os agentes, após trabalho de monitoramento e cruzamento de dados, as investigações apontaram que a acusada comandava uma associação criminosa, responsável pelo desvio de cabelos que deveriam ser usados em apoio a pacientes oncológicas.

Os acusados recebiam os cabelos das ONGs e confeccionavam perucas, mas poucas eram revertidas para doação, já que grande parte era comercializada. Estima-se que o negócio fraudulento rendeu milhões de reais, inclusive com atividades no exterior, por meio de uma loja em Miami (EUA).

As investigações continuam para apurar a participação de outros envolvidos e a prática de crimes associados.

Citada no curso das apurações, a Fundação Laço Rosa, a organização sem fins lucrativos que atua na garantia de direitos de pacientes com câncer de mama, divulgou nota repudiando de forma veemente os atos ilícitos.

A instituição destaca que não comercializa e nem nunca comercializou cabelos de nenhum tipo. E Informa que está contribuindo e prestando todos os esclarecimentos solicitados pelos órgãos competentes. A nota conclui que há 10 anos o Laço Rosa desenvolve um trabalho social idôneo, de apoio a pacientes em tratamento de câncer, em todo o Brasil, em diversas frentes.

Edição: Vitória Elizabeth/ Sumaia Villela

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Direitos Humanos

Covid: pandemia agrava situação de vulnerabilidade da população LGBTI

A pandemia da covid-19 fez com que a situação de vulnerabilidade social de lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis se agravasse. O alerta, feito nesta segunda-feira, Dia Internacional de Luta contra a LGBTfobia, é do coordenador do grupo Arco Íris e diretor da aliança nacional LGBTI, Claudio Nascimento.

Baixar arquivo
Economia

Lei para afastamento de grávidas das funções presenciais gera duvidas

A lei que determina o afastamento de mulheres grávidas de atividades presenciais durante a pandemia tem gerado dúvidas entre as trabalhadoras que exercem funções que não podem ser feitas à distância, como é o caso das empregadas domésticas.

Baixar arquivo
Economia

Monitor do PIB da FGV prevê crescimento de 1,7% no primeiro trimestre

O Monitor do PIB da Fundação Getúlio Vargas prevê crescimento de 1,7% na economia brasileira nesse primeiro trimestre do ano, em comparação ao quarto trimestre de 2020. E o resultado positivo está sendo calculado já considerando a retração de 2,1% em março, com relação a fevereiro.

Baixar arquivo
Geral

Mais de 6,4 milhões de vacinas contra a covid-19 serão distribuídas

As informações foram dadas nesta segunda-feira (17), durante a sessão da Comissão Temporária do Senado sobre Covid-19

Baixar arquivo
Esportes

Fluminense pode ter mudanças para jogo contra Junior Barranquilla

Basta apenas um empate no confronto com o Junior Barranquilla nesta terça-feira (17), no Maracanã, às 21h, para o Fluminense garantir vaga nas oitavas de final da Taça Libertadores da América.

Baixar arquivo
Política

Parecer da reforma administrativa é lido na CCJ da Câmara

Mesmo com a obstrução da oposição, foi lido, nesta segunda-feira (17), o parecer da reforma administrativa na CCJ, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados. A retirada do tema da pauta foi rejeitada pela maioria da comissão, com 42 votos contra 20.

Baixar arquivo