Polícia Federal investiga morte de uma pessoa em ação da PRF

Genivaldo de Jesus Santos morreu após abordagem de policiais

Publicado em 26/05/2022 - 17:55 Por Josafá Neto - Repórter da Rádio UFS FM - Sergipe

A Polícia Federal informou, nesta quinta-feira, que abriu inquérito para investigar a ação de policiais rodoviários federais envolvidos na abordagem que terminou com a morte de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos de idade, no município de Umbaúba, no sul de Sergipe.

Neste caso, por envolver servidores federais no exercício da função, cabe a Polícia Federal investigar o caso. Em nota enviada à imprensa, a PF explicou que diligências acerca do caso já foram iniciadas e que trabalha para esclarecer o ocorrido o mais breve possível.

O laudo do Instituto Médico Legal de Sergipe confirmou que a morte foi provocada por asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda. Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública, outros exames foram realizados para detalhar a razão da morte.

O caso está repercutindo no país inteiro. Genivaldo foi imobilizado por policiais rodoviários federais e colocado dentro do porta-malas de uma viatura da PRF. Genivaldo estava em uma moto quando foi abordado por três policiais rodoviários em um trecho da BR-101, em Umbaúba. Vídeos mostram o momento da abordagem, com Genivaldo sendo revistado com as mãos para cima e, em seguida, sendo imobilizado no chão. O homem acabou sendo colocado na viatura da PRF apenas com as pernas para fora do porta-malas. Na sequência é possível ver uma fumaça branca do veículo, onde Genivaldo é visto inalando a fumaça.

E o que dizem os envolvidos nesse caso? Em nota, a PRF disse que empregou técnicas de mobilização e instrumentos de menor potencial ofensivo para conter o homem, que foi levado no porta-malas de uma viatura após ter sido abordado. Disse também que o homem resistiu a abordagem e que foi agressivo. Informou ainda que lamenta o ocorrido e que foi aberto o procedimento disciplinar para averiguar a conduta dos policiais envolvidos na ação. A identidade dos agentes rodoviários federais não foi divulgada.

A OAB, Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Sergipe, disse que está acompanhando os desdobramentos do caso, e que tem respeito com as instituições, mas não compactua com qualquer tipo de violência ou de tortura.

O corpo foi liberado ontem por volta de 22h30 do IML. O velório ocorreu hoje, pela manhã, na casa da mãe de Genivaldo, no povoado Mangabeira, no município de Santa Luzia do Itaí, também no sul do estado, onde foi sepultado. Segunda a família, a vítima tinha esquizofrenia e tomava remédios controlados havia cerca de 20 anos. Genivaldo era casado e deixa um filho.

Últimas notícias
Internacional

Internacional: Israel elabora plano pós-guerra que mantém Gaza ocupada

Plano apresentado por Israel foi rechaçado por membros da Autoridade Palestina.  Na véspera do aniversário de dois anos da ocupação da Ucrânia, Estados Unidos anunciam novas sanções à Rússia

Baixar arquivo
Geral

Mais de um milhão de brasileiros não possuem vaso ou fossa sanitária

Cerca de 20% da população sequer tem banheiro. Dados do IBGE apontam que o abastecimento de água também é um desafio , principalmente no Nordeste.

Baixar arquivo
Saúde

Rio registra alta taxa de transmissão da covid-19

Entre 11 e 17 de fevereiro a taxa de positividade foi de quase 30%. Apesar do aumento dos indicadores precoces da covid-19, as solicitações de leitos para tratamento da doença não aumentaram neste início de 2024

Baixar arquivo
Segurança

Dois alunos do Cefet são baleados em troca de tiros no Rio de Janeiro

Os estudantes acabaram no meio de um confronto entre policiais e suspeitos de assalto. 

Baixar arquivo
Geral

Polícia Civil de SP fecha call center especializado em aplicar golpes

Quadrilha aplicava golpes virtuais com a falsa promessa de oferecer serviços gratuitos de provedores de internet a empresas privadas. Uma das empresas alvo teve prejuízo de quase R$ 140 mil

Baixar arquivo
Geral

Programa de Aquisição de Alimentos quer reduzir desperdício

A proposta está em fase de elaboração e deve contemplar as famílias que vivem na área rural. 

Baixar arquivo