Torcedores deixam veículos queimados e destruição nas ruas de Santos

O time homônimo foi rebaixado pela primeira vez para a Série B

Publicado em 07/12/2023 - 16:47 Por Leandro Martins - repórter da Rádio Nacional - São Paulo

A cidade de Santos assistiu a um cenário de guerra na madrugada desta quinta-feira (7). O motivo: vandalismo de torcedores do Santos Futebol Clube, inconformados com a partida que rebaixou a equipe para a Série B do Brasileirão do ano que vem.

A confusão começou antes de terminar a partida, na noite dessa quarta, em que o Fortaleza venceu a equipe santista por 2 a 1. Logo após o segundo gol, bombas foram lançadas em direção ao campo. Também teve tentativa de invasão do gramado.

Os jogadores do time cearense correram para o vestiário, e o árbitro encerrou a partida. Em campo, os jogadores do Santos choravam e se lamentavam com a queda para a segunda divisão. Enquanto isso, nas arquibancadas, torcedores gritavam em coro “time sem vergonha".

Fora do estádio, os mais exaltados começaram com vandalismo, e incendiaram três ônibus e seis automóveis, além de causar outras depredações. A Polícia Militar usou gás de pimenta, bombas de efeito moral, e ainda teve que acionar a cavalaria e até um helicóptero da corporação para conter os ânimos.

Essa é a primeira vez que o Peixe vai jogar na segunda divisão nacional.

Edição: Paula de Castro/Sumaia Villela

Últimas notícias
Política

PF deve incluir trechos de discurso de Bolsonaro em investigação

Em ato na Paulista, o ex-presidente admitiu a existência de uma minuta de texto que daria sustentação ao golpe de estado, com a decretação de estado de sítio, prisão de parlamentares e de ministros do Supremo Tribunal Federal

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Acre decreta situação de emergência por causa de enchentes

A elevação dos níveis dos rios e igarapés provocou as inundações na região. Na capital, o Rio Acre ultrapassou a cota de transbordamento e chegou a 15,92 metros. 

Baixar arquivo
Economia

Apesar da queda da Selic, bancos mantêm juros de empréstimos

Quatro dos maiores bancos do Brasil não mexeram nos juros cobrados em empréstimos pessoais entre janeiro e fevereiro. Essa informação é do Procon de São Paulo, que fez uma pesquisa com os seis principais bancos do país.

Baixar arquivo
Geral

Imóveis da União sem uso poderão ser cedidos para habitação popular

Os imóveis também podem ser destinados para o Novo PAC, educação, saúde e obras de uso público nas cidades.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Jornalistas mortos no conflito entre Israel e Hamas são lembrados

Mais de cem profissionais perderam a vida na região. 96 eram palestinos. Federação Nacional dos Jornalistas aponta que a cobertura do conflito está restrita a veículos americanos e alinhados a Israel, enquanto a mídia internacional não consegue chegar lá

Baixar arquivo
Segurança

Cai o número de mortes causadas por policiais no Rio de Janeiro

Os 57 óbitos registrados este ano, causados por algum agente de segurança em serviço, são quase a metade dos 104 ocorridos em janeiro do ano passado em todo o estado do Rio. 

Baixar arquivo